“Minha vizinha está tentando ditar o que posso fazer na minha própria casa depois que ela teve bebê”

Uma mulher foi até o Reddit fazer um desabafo depois que a vizinha começou a fazer exigências um tanto quanto absurdas depois que deu à luz

Resumo da Notícia

  • Uma mulher foi até o Reddit fazer um desabafo depois que a vizinha começou a fazer exigências um tanto quanto absurdas depois que deu à luz
  • A vizinha explica que os pedidos são par anão acordar o bebê
  • No entanto, ela chegou a pedir para que a mulher não guardasse o carro na garagem por conta do barulho do portão
  • Os internautas concordaram com o relato

Sejamos sinceros: nem sempre conseguimos ter a melhor relação do mundo com os vizinhos. Esse é o caso dessa mulher, que decidiu ir até o Reddit fazer um desabado sobre o comportamento da vizinha. No relato, ela contou que a vizinha teve um bebê recentemente e agora fica o tempo todo dizendo a ela o que pode ou não fazer na própria casa para evitar acordar a recém-nascida.

-Publicidade-

A mulher, cujo nome não foi revelado, contou que começou a ficar mais atenta e cuidadosa com os barulhos desde que o bebê nasceu, mas que nada parecia ser o suficiente. Eles explicaram que os dois principais problemas são a bateria e o portão da garagem, que faz barulho quando abre, e não tem nada o que ela possa fazer para evitar isso.

"Minha vizinha está tentando ditar o que posso fazer na minha própria casa depois que ela teve bebê"
“Minha vizinha está tentando ditar o que posso fazer na minha própria casa depois que ela teve bebê” (Foto: Getty Images)

“Apesar de já deixar minha sala de instrumentos com proteção acústica, precisei parar de tocar minha bateria depois das 18h, como sinal de respeito. Também recusei receber amigos do lado de fora do meu quintal para evitar barulhos. Achei que, dessa forma,  já estava sendo mais do que atenciosa, mas pelo visto não”, começou ela, contando.

“Chego em casa do trabalho às 23h e coloco meu carro na garagem. Há algumas semanas, meu vizinho me abordou e perguntou se eu poderia esperar até a manhã para guardar meu carro, mas recusei porque é perigoso, já que já roubaram carros na minha rua recentemente. Meu carro também é alvo de muitos ladrões, pois as peças são caras, e é um carro de entusiasta. Pedi desculpas, mas fui firme ao dizer a ela que não vou, em hipótese alguma, deixar meu carro de fora durante a noite”, seguiu ela, falando sobre as exigências da vizinha.

“Algumas noites atrás, cheguei em casa e o carro do marido dela bloqueou minha entrada apenas o suficiente para que eu não conseguisse passar. Foi meio inútil porque apertei o botão antes mesmo de chegar à minha garagem, então ele apitou de qualquer maneira. Eles não saíram, então eu reboquei o carro deles e eles não fizeram mais isso desde então”, continuou ela, falando que chegaram a tentar dar um jeito de impedir que ela entre na própria garagem.

A mulher seguiu falando que, mais recentemente, ela decidiu tocar a bateria na hora do almoço em um sábado, no quarto à prova de sons. Ela garantiu que, por ter uma acústica específica para isso, só se pode ouvir “mínimas vibrações” vindo do quarto e que ele, ainda, fica na parte de trás da propriedade, ou seja, longe dos vizinhos. Mesmo assim, o barulho foi sinal de problema.

“A esposa veio e basicamente disse que tinha aguentado meu barulho por tempo suficiente e que estava exausta porque a criança nunca dormia graças ao barulho que faço”, explicou a mulher. “Eu definitivamente ainda estava irritada com a situação de bloqueio da entrada da outra noite e bati um pouco, dizendo a ela que eu tinha sido atenciosa o suficiente e já tinha feito concessões em termos de barulho. Poderia tocar e fazer o barulho que eu bem quisesse até às 22h em nosso conselho, mas eu me desliguei às 18h em consideração a ela e o filho. Eu disse que a partir de agora ela vai ter que superar isso porque eu cansei de ficar obedecendo a ela e à família dela”, completou a mulher, cansada das exigências.

A publicação logo viralizou e os internautas fizeram questão de dar a própria opinião sobre a situação. “Parece que você tem sido muito razoável e tem permissão para viver sua vida. Eles escolheram ter o bebê. Certamente eles sabiam que as coisas poderiam acordá-lo”, apontou uma internauta. “Você não fez nada de errado, muito pelo contrário, deu um jeito de ponderar os pedidos deles. Mas seus vizinhos? Eles aparentemente acham que porque tiveram um filho todo mundo precisa se curvar a eles agora”, criticou outro.