Ministério da Saúde reduz tempo de isolamento de infectados com covid-19 para sete dias

Se o paciente estiver assintomático e tiver testado negativo no quinto dia também será liberado do isolamento

Resumo da Notícia

  • O Ministério da Saúde reduziu o tempo de isolamento para infectados com covid-19
  • O paciente tem que testar negativo no quinto dia para poder ser liberado do isolamento
  • A decisão foi tomada baseada nas experiências dos Estados Unidos e Reino Unido

O Ministério da Saúde anunciou na última segunda-feira que haverá uma redução no tempo de quarentena para os infectados com covid-19. Agora o paciente poderá ficar apenas 7 dias isolado caso esteja com sintomas leves, assintomático ou teste negativo no quinto dia.

-Publicidade-

Se no quinto dia o paciente estiver sem sintomas respiratórios ou febre e não ter feito o uso de medicamentos há 24 horas, ele poderá realizar a testagem. Caso o resultado seja negativo, o isolamento pode ser encerrado. Com o resultado positivo, a quarentena deve continuar até o décimo dia.

O uso de máscaras ainda será obrigatório
O uso de máscaras ainda será obrigatório (Foto: Getty Images)

“A nossa mensagem principal é que o isolamento é de sete dias, se ele não quis testar no quinto e tiver sem sintomas no sétimo, ele pode sair do isolamento. Não é necessário testar. Recomendamos manter até o décimo”, explicou o secretário de vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros.

A pasta recomenda a todos que forem liberados da quarentena a utilização de máscaras do tipo N95 ou PFF2, evitar aglomerações e não realizar viagens até o décimo dia após o diagnóstico da doença. A decisão, de acordo com Medeiros, foi tomada com base nas experiências dos Estados Unidos e do Reino Unido.