Mochila de copiloto do avião que caiu próximo à Paraty é encontrada no mar

A família confirmou à Marinha que o objeto pertence ao jovem

Resumo da Notícia

  • Mochila de copiloto de avião é encontrada no mar
  • A família confirmou que o pertence pertence ao jovem
  • A mãe do rapaz também falou sobre uma conversa que antecedeu o acidente na aeronave

A família do copiloto do avião, José Porfírio de Brito Júnior, que estava no avião que caiu próximo à Paraty, afirmou que a mochila encontrada em alto-mar, no último sábado, 7 de novembro, pertence ao jovem.

-Publicidade-

“Eles me falaram que a bolsa achada era do meu filho e que era pra gente ir até São Sebastião, na delegacia, pegar. Eu pedi que eles [a Marinha] nos entregassem, já que estamos nas buscas. Desconversaram”, contou a mãe, Ana Regina, ao jornal Extra.

A mãe também informou sobre uma conversa da piloto orientou o piloto da aeronave que caiu, Gustavo Carneiro, captada por um avião que passava próximo ao local do acidente. Ela havia orientado como seria realizado o pouso de emergência. “A conversa pode informar o que aconteceu. Foi uma piloto mulher que ajudou o meu filho. Ela relatou o desespero do meu filho quando eles estavam caindo”, afirmou.

Mochila do copiloto é encontrada no mar
Mochila do copiloto é encontrada no mar (Foto: Reprodução / Instagram / Metrópoles)

Recentemente, Ana usou as redes sociais para desabafar sobre o ocorrido. “Gente, pelo amor de Deus! Mais um dia atrás do meu filho. Mas não vou desistir, minha fé é maior do que tudo”, começou. “A Marinha não se reportou à família da vítima que está sumida no mar […] Só sei que meu filho está sumido. Estou desesperada! Não aguento mais.”, afirmou. “Preciso achar meu filho!”, acrescentou.

Mais tarde, Ana apareceu chorando nos stories lamentando por não conseguirem encontrar o jovem: “Vocês não sabem o desespero quando chega esse horário que as buscas acabam e eu não trouxe o meu filho para casa, mais um dia”, lamentou. “Vocês não sabem que dor é essa […] eu só preciso de ajuda”

Corpo do piloto reconhecido

Dentro do avião que sofreu o acidente estavam três pessoas, entre eles o copiloto, que foi identificado como José Porfírio de Brito Júnior, e o piloto, Gustavo Calçado Carneiro . O acidente aconteceu por volta das 21h.

O corpo do piloto foi encontrado em alto-mar, em Paraty, na Costa Verde fluminense, na tarde de quinta-feira por uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB). A confirmação é do Instituto Médico Legal (IML) de Campo Grande, após os familiares fazerem o reconhecimento do corpo.

Horas após a queda, a FAB encontrou o corpo de Gustavo já em mar aberto em Paraty. O corpo foi levado para a Base Aérea de Santa Cruz (BASC) e, posteriormente, para o IML de Campo Grande, onde passou por exame de necropsia e papiloscopia.