Monique Elias conta como educa os filhos em casa e cita os erros mais comuns da maternidade

A youtuber é mãe de João, de 16 anos, e dos gêmeos Francisco e Isabella, de 5 anos

Monique e os filhos (Foto: Reprodução / Instagram)
A criação dos filhos sempre volta a ser discutida quando uma mãe de primeira viagem aparece na família ou no círculo de amizade. Seja no convívio diário ou na internet, é sempre bom ouvir um conselho de quem já passou pela mesma fase. Monique Elias, youtuber e mãe de 3 filhos, João de 16 anos, e dos gêmeos Francisco e Isabella de 5 anos, bateu um papo sobre o assunto e compartilha sua experiência como mãe nos vídeos do próprio canal. 
A youtuber citou erros comuns na hora de criar os filhos. Segundo ela, um dos primeiros é a teoria do ‘mãe é mãe e pai é pai’. Você pode ser, sim, amigo do seu filho, mas sempre deixando claro que ainda é a mãe/pai dele, para que não perca o respeito entre pais e filhos.
Outro fator importante está na “terceirização da maternidade“. O filho é seu, dê ordens e não entregue tudo para a babá ou para quem cuida das crianças. Se tiverem condição financeira para que alguém cuide do seu filho, para horários de trabalhos, ou até mesmo de lazer, é importante que não deixem que ocupem o seu papel de mãe, e para as crianças é essencial terem uma boa memória da infância, onde os pais foram presentes. E isso também vale para as crianças que foram criadas pelos avós.
Monique também estou o Método Waldorf  em antroposofia, no qual explica que o menos importante para os filhos é aprender letras e números, e sim como se deve tratar o outro: A convivência com outras crianças, a interação com a natureza. Ainda sobre o estudo, ele afirma que o filho não deve ser perfeito, mas sim tem de ser cidadão.
Por fim, outro erro citado pela influencer está na comparação com o filho dos outros. O fundamental é explorar o que o seu filho tem de melhor e colaborar com a autoestima dele!
Segundo a assessoria, Monique afirmou que falar sobre temas que são tabus na sociedade com os filhos é muito importante. “Acho maravilhoso, um adulto preparado é outro nível. A vida não poupa ninguém!”, contou. Sobre a fase ‘rebeldia’ na adolescência, a youtuber deu dica de como lidar com isso. “Colocando alguns limites. Terapia funciona muito”, disse.
Monique apesar de fazer vídeos no YouTube compartilhando acontecimentos e dicas, a mãe acredita que palpitar na criação do filho que não é dela, sem parecer intromissão, é algo muito delicado. “Isso é um assunto muito sensível, acho que será intromissão sempre, filhos dos outros problemas dos outros”, contou.

Leia também:

-Publicidade-

-Publicidade-
-Publicidade-