Morre aos 91 anos Stephen Sondheim, mestre de musicais da Broadway

De acordo com o The New York Times, ele foi um dos mais brilhantes artistas norte-americanos de musicais

Resumo da Notícia

  • Stephen Sondheim faleceu aos 91 anos de idade
  • Ele é considerado um dos maiores nomes da Broadway
  • A causa do falecimento ainda não foi divulgada para a imprensa

Nesta sexta-feira, dia 26 de novembro, faleceu aos 91 Stephen Sondheim, um dos maiores letristas e compositores da Broadway, que já foi reconhecido pelo The New York Times como “o maior e talvez o mais conhecido artista do teatro musical americano”.

-Publicidade-

Foi o próprio jornal norte-americano quem divulgou a notícia sobre a morte de Stephen, a partir do relato do advogado e amigo do artista, F. Richard Pappas, que anunciou a morte para a imprensa. De acordo com ele, o acontecimento ocorreu de forma “repentina” e não divulgou o motivo.

O norte-americano é considerado um dos maiores nomes da Broadway
O norte-americano é considerado um dos maiores nomes da Broadway (Foto: Reprodução Getty Images for The New Yorker/AFP)

Stephen Sondheim foi coautor de West Side Story (Amor, Sublime Amor), musical montado pela primeira vez em 1957 e que recebeu adaptação nos cinemas em 1961, época em que saiu ganhador de dez Oscars.

Além desta, que foi considerada sua grande obra prima, Sondheim foi responsável por criar “Sweeney Todd”(1979), “Sunday in the Park with George” (1984), “Into the Woods” (1987) e coautor de “Gypsy” (1959), considerados grandes musicais da Broadway.

Amor, Sublime Amor foi adaptado novamente para os cinemas através de um remake dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Ansel Elgort e Rachel Zegler. A estreia no Brasil está prevista para dezembro de 2021.