Muito além da medicina: o cuidado com as crianças precisa ser diferente dos adultos

Dr. Werther Brunow De Carvalho, responsável pela linha pediátrica e chefe da UTI do Hospital Santa Catarina – Paulista explica a necessidade de uma formação e especialização diferente para cuidar dos mais novos

Resumo da Notícia

  • Cuidar da saúde das crianças é fundamental com ou sem pandemia
  • O Hospital Santa Catarina - Paulista defende que tratar uma criança é muito diferente de tratar um adulto
  • Dr. Werther Brunow De Carvalho, responsável pela linha pediátrica e chefe da UTI do Hospital dá mais detalhes dos serviços e recursos que eles oferecem

Um aprendizado importante que a pandemia trouxe para as famílias é que precisamos cuidar da nossa saúde sempre. Isso se torna ainda mais essencial quando estamos falando de crianças, uma vez que estas ainda não têm o sistema imunológico totalmente desenvolvido. Em relação à exposição aos vírus, outro fator tem grande influência no bem-estar desse grupo.

-Publicidade-
Anticoncepcional masculino atinge 99% de eficácia em estudo feito com camundongos
A saúde das crianças precisa de uma atenção extra, uma vez que o sistema imunológico ainda não está totalmente desenvolvido (Foto: Getty Images)

O Dr. Werther Brunow De Carvalho, responsável pela linha pediátrica e chefe da UTI do Hospital Santa Catarina – Paulista, professor titular de pediatria da área de Terapia Intensiva e Neonatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, pai de Pedro e Luisa, explica: “A doença respiratória em criança é mais frequente devido à questão anatômica. As vias aéreas delas são muito menores do que as vias aéreas dos adultos e, assim, qualquer secreção, edema ou inchaço determina um desconforto respiratório maior”.

Uma coisa é fato: tratar uma criança é muito diferente de tratar um adulto. O médico especialista destaca que a formação, especialização, abordagem, postura, perguntas, interação com o paciente e os pais são totalmente distintos, por isso é importante que o hospital que atende esses pacientes respeitem essas características para um atendimento seguro e qualificado.

Esse, para ele, é o grande diferencial do Hospital Santa Catarina – Paulista, que conta com uma linha pediátrica completa, separada dos adultos, possibilitando a realização de procedimentos hospitalares simples até de alta complexidade em especialidades como endocrinologia, pneumologia, neurologia, cirurgia pediátrica, etc…

Do início ao fim

O Dr. Werther reforça a relevância dos médicos escutarem os pais, principalmente nos primeiros minutos da consulta, uma vez que eles chegam com muitas dúvidas e opiniões de familiares e amigos. “O atendimento humanizado é um dos pilares fundamentais da medicina e da pediatria”, completa.

A formação, especialização, abordagem, postura, perguntas, interação com o paciente e os pais é muito diferente quando tratamos de crianças (Foto: Shutterstock)

Essa troca se faz necessária até a alta do paciente e o especialista ainda diz mais: “No Hospital Santa Catarina, temos todas as especialidades, tanto para o atendimento inter hospitalar quanto para o atendimento no nosso ambulatório. Isso é importante, porque a criança e a família vão criando uma identidade cada vez maior com o atendimento”.

Desta forma, há também uma preocupação ampla com o espaço físico do local, oferecendo uma brinquedoteca com equipe de recreacionistas, e também o apoio psicológico – para pais e filhos. E, claro, esse cuidado no atendimento faz toda a diferença no resultado.

Mais informações

  • Hospital Santa Catarina – Paulista: Avenida Paulista, 200 – Bela Vista – São Paulo/SP
  • Contato: (11) 3016-4113 / 3016-4133
  • Site: Rede Santa Catarina