Muito amor! Casal que namorava na adolescência se casa após 20 anos separados

Os dois seguiram rumos diferentes e formaram as próprias famílias. Depois de muito tempo, eles voltaram a conversar e o resultado foi a volta ao amor

Resumo da Notícia

  • Casal que namorava na adolescência se casa após 20 anos separados
  • Os dois seguiram rumos diferentes e formaram as próprias famílias
  • Depois de muito tempo, eles voltaram a conversar e o resultado foi a volta ao amor
  • Hoje, os dois comemoram o reencontro de um amor que já foi proibido em um momento da vida

Helen Marshall, de 41 anos, e Graeme Richardson, de 42, se conheceram quando estavam na escola e se admiravam de longe nos corredores antes de começaram a namorar na adolescência. Depois de 9 meses juntos, Graeme pediu Helen em casamento, mas os pais dela estavam preocupados com essa relação, porque os dois eram muito jovens. Um ano depois, Graeme foi para a faculdade e enfrentou alguns problemas na família. Isso fez com que os dois acabassem se separando, já que as cartas que um enviava ao outro acabaram se perdendo. Os dois seguiram com a vida e ambos se relacionaram com outras pessoas e, inclusive, tiveram filhos.

-Publicidade-

Depois de se separar do companheiro, no entanto, Helen decidiu procurar por Graeme e, 20 anos depois, os dois se apaixonaram novamente. Recentemente, os dois se casaram e Graeme fez questão de fazer o pedido usando o mesmo anel que usou quando eles tinham apenas 15 anos.

“Nós nos sentimos tão contentes agora. Vivemos na fazenda da família em que ele morava quando éramos pequenos. Somos um a metade do outro. Sinto que estou em casa, como se tivesse inteira. Ele é a minha alma gêmea e eu sou a dele. É uma verdadeira história de amor feliz”, comemorou Helen, em entrevista ao jornal Metro.

Eles casaram novamente usando a mesma aliança (Foto: reprodução Metro / SWINS.com)

Graeme concorda com ela. “Helen é minha outra metade. Ela é meu oposto: o lado extrovertido para o meu introvertido. Parece que a junção deu muito certo. Eu sempre pensei que me casaria com ela”, contou ele. Os dois provaram, depois de muitos anos que o amor que sentiam era verdadeiro e não apenas mais um caso da adolescência.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

O primeiro encontro

Na época da escola, nenhum dos dois tiveram a coragem de convidar o outro para sair. Até que um dia um amigo de Helen ofereceu a ela uma barra de chocolate para convidar Graeme para um encontro. Depois disso, os dois não se separaram mais. O amor deles foi só aumentando e os dois tinham a certeza de que iam se casar jovens.

Com essa intenção, Graeme começou a trabalhar nos finais de semana para comprar um anel de noivado de diamante para fazer o pedido a Helen.

Os dois começaram a namorar na adolescência (Foto: reprodução Metro / SWINS.com)

O destino, porém, separou os dois. Em 1994, quando tinha 16 anos, Graeme se mudou para fazer faculdade. Ele tentou manter contato com Helen caminhando diariamente até uma cabine telefônica para ligar para ela. A garota, no entanto, estava sempre fora ou fazendo lição de casa quando ele ligava. Por isso, ela tentou mandar cartas a ele, mas ela nunca chegaram. Essa situação somada com a família que pensava que eles eram muito jovens para estarem juntos, fez com que os dois se separassem.

O reencontro

Helen, que trabalha como cuidadora, começou a seguir a vida longe de Graeme. Ela foi casada com outro homem por 16 anos e teve quatro filhos: Jess, de 22 anos, Leo, de 18, Martha, de 12 e Nancy, de 8. Enquanto isso, Graeme, que hoje trabalha como pedreiro, também se casou e permaneceu em uma união com a companheira por 17 anos. Com ela, ele teve dois filhos, um de 19 e outro de 15 anos.

Os dois coincidentemente decidiram criar os próprios filhos na cidade natal e acabaram se reencontrando em eventos na escola dos filhos. Durante esse tempo, os dois iam separadamente para um banco que costumava ser o lugar especial dos dois quando eram adolescentes. Sozinhos, cada um refletia sobre o relacionamento perdido, relembrando a época de quando eram jovens, nutrindo a esperança de que um dia se reencontrariam naquele local;

Graeme e seu parceiro se separaram em 2015, e o casamento de Helen terminou em 2016. Eventualmente, ela o procurou no Facebook, a princípio apenas esperando por uma amizade. Eles se encontraram para passear até o dia em que deram o segundo primeiro beijo. Esses passeios românticos tornaram-se mais frequentes e nenhum dos dois consegue identificar exatamente quando a amizade reacendida se transformou em algo mais, mas os dois dizem que parecia um ajuste perfeito.

“‘Fiquei tão animado quando Helen me enviou uma mensagem. Quando nos beijamos novamente, eu só queria voltar para ela. Foi como pegar minha espátula favorita – e isso é um grande elogio vindo de mim. Eu simplesmente me sinto muito orgulhoso de tê-la. Como se eu realmente tivesse conquistado algo grande”, comemora ele. “Na segunda vez que Graeme a pediu em casamento, ele o fez escrevendo na areia durante um feriado na Croácia. Foi um momento tão bonito”, relembrou Helen. Hoje, os dois comemoram juntos o reencontro do amor da adolescência e prometem que, dessa vez, não vão se separar tão cedo.