Muito amor! Pata com pernas tortas ganha boia para nadar e se sentir parte da família

Uma mulher a encontrou em um mercado nos Estados Unidos e decidiu fazer algo para ajudá-la

Resumo da Notícia

  • Pata com pernas tortas ganha boia para nadar
  • Ela foi encontrada em um supermercado dos EUA
  • Ela tinha problemas para conseguir nadar
  • Veja fotos

Muito amor! A pata Keeper ganhou uma boia (de pato!) para poder nadar com a família e amigos, já que nasceu com uma condição que a impedia de nadar bem com as próprias patas. A pata foi encontrada por uma mulher no estacionamento de um supermercado na Flórida, nos Estados Unidos.

-Publicidade-
A mulher decidiu ajudar a pata (Foto: reprodução UPSCL)

Já que não havia nenhum lago ou rio por perto, a mulher achou que Keeper havia sido abandonada e decidiu ajudar o animal. Para isso, decidiu ligar para Alyssa Barry, do Alyssa’s Animal Sanctuary, projeto que visa resgatar e salvar animais. “A mulher viu que a pata estava parada perto da porta [do supermercado], perto das pessoas, como se quisesse alguém para ajudá-la. E quando percebeu que o pato tinha dificuldade para andar e mancava feio, resolveu nos chamar”, disse ela, em entrevista ao portal UPSCL.

Keeper, então, foi levada para um centro médico para exame e lá os veterinários descobriram que a pequena tinha uma ‘perna de pombo’: condição que faz a pata andar com as pernas voltadas para dentro. Além disso, eles descobriram que a pata tinha dificuldade para nadar.

-Publicidade-

“Quando suas penas ficaram molhadas, a água não escorreu de sua plumagem como deveria, mas absorveu a água e ficou completamente encharcada, então sua capacidade de flutuar e ficar em cima da água tornou-se difícil para ela. Ela mexia as pernas e uma colidia com a outra, o que a fez dar sinais de estresse, por isso a tiramos da água. Ela rapidamente aprendeu que não poderia usar nossa grande piscina”, explicou Alyssa.

Isso aconteceu porque Keeper nasceu sem a glândula uropigial, que todas as aves possuem e que é responsável por secretar óleos para impermeabilizar a plumagem. Mas o grupo decidiu que não iria abandonar a pata e iriam dar um jeito de fazer com que ela consiga nadar junto com os amigos!

Ela ganhou uma boia (Foto: reprodução UPSCL)

Alyssa foi ao mesmo super mercado onde encontrou a pata e teve uma ideia! Ela encontrou uma boia em formato de pato e decidiu comprar para Keeper testar. “Ela aprendeu muito rapidamente que pode se equilibrar perfeitamente na boia e queria usá-la. Demorou apenas alguns minutos para ela perceber que agora ela podia estar na piscina com sua família, então ela estava muito feliz e ficou lá o dia todo (…). Acho que ela finalmente pôde sentir que fazia parte de uma família de patos de novo”, finalizou ela, feliz com o feito.

-Publicidade-