Mulher chora ao ver nomes de bebês que o marido escolheu: “Só quero que meu filho seja normal”

Uma mulher pediu conselhos em um fórum online para mães, porque estava discutindo com o marido, que deu ideias “excêntricas” para o nome do filho

Resumo da Notícia

  • Uma mulher pediu conselho ao Mumsnet
  • O marido dela sugeriu nomes não muito comuns para dar ao filho
  • Ela prefere nomes clássicos e discutiu com o marido por causa disso
  • Internautas opinaram no desentendimento do casal

Escolher o nome do bebê é difícil e muitas vezes resulta em discussões entre os casais, especialmente se eles têm gostos diferentes. Enquanto algumas pessoas querem um nome clássico, outras preferem algo mais diferente e excêntrico.

-Publicidade-

Uma mulher em específico pediu conselho ao Mumsnet, um fórum de mães. Ela disse que as sugestões de nomes que o marido deu a deixaram em lágrimas e com medo de que eles nunca fossem concordar no nome perfeito para o filho.

Ela explicou que só quer que seu bebê tenha um “nome normal”: “Provavelmente estou com os hormônios à flor da pele, mas alguém já discutiu com seu parceiro sobre nomes de bebê? Até chorei um pouco porque não consigo nos ver concordando”.

A mulher grávida contou que o marido continua sugerindo nomes como Ozymandias e Balthazar, enquanto os dela são mais tradicionais como James e Isaac. Ela falou que está sim aberta a nomes mais exclusivos, mas essas sugestões já são demais para ela.

Mãe faz desabafo após namorado "proibir" que sogra participe do parto
Mulher desabafa na internet sobre nomes de bebês: “Eu só quero que meu filho seja normal” (Foto: Getty Images)

Segundo a moça, não há nenhum significado especial por trás das escolhas do marido: “A gente vive no Reino Unido e não há nenhum tipo de interesse para justificar os nomes que ele está escolhendo. Pedi a ele um nome normal e esses eram seus nomes normais”.

“Ele passou meia hora inventando nomes. Eu estava ficando cada vez mais irritada, então várias vezes eu disse para ele parar. Eu parei de responder aos nomes e o ignorei, mas quando ele perguntou pela 4ª vez o que havia de errado com o nome Balthazar, pedi para ele sair da sala”, completou a mulher.

Ela também compartilhou que o marido escolheu o nome da filha, e que ela só gostou depois de meses de desentendimentos por causa das ex-namoradas dele, então ela sugeriu que ela escolhesse o nome do filho. De acordo com a moça, ele rejeitou todos os nomes da lista dela e não deixa ela nomear o filho sozinha.

Alguns internautas deixaram opiniões e compartilharam situações parecidas: “Meu parceiro queria chamar nosso filho de Loki. Loki. Como se uma criança fosse conseguir uma entrevista de emprego com o nome de Loki no currículo”, comentou uma mãe. Outra respondeu: “Ambos os nomes podem ser encurtados para algo mais normal”.

Uma mulher deixou um conselho nos comentários: “Conheci alguém com um parceiro assim. Ele acabou sendo autorizado a dar à criança o nome do meio. É um nome maluco, mas pelo menos o primeiro nome é normal”.