Mulher com menopausa precoce consegue engravidar depois de três abortos naturais

5% das mulheres passam pela menopausa precoce aos 40-45 anos, Jenny teve aos 34 anos!

5% das mulheres passam pela menopausa precoce aos 40-45 anos (foto: getty)

5% das mulheres passam pela menopausa precoce aos 40-45 anos. Inicialmente, Jenny não teve problemas para engravidar, ela teve seu primeiro bebê aos 32 anos e o segundo aos 34 anos. “Ambas as gravidezes foram fáceis, sem grandes problemas”, diz ela em entrevista para o Babyology. Dois anos depois, quando Jenny e o marido decidiram ter um terceiro filho, eles ficaram sabendo que o período de Jenny estava atrasado. Mas desta vez, não por causa de gravidez. História de família

-Publicidade-

Jenny descobriu de sua menopausa quando lembrou de um comentário de sua mãe sobre gravidez. “Minha mãe me disse que achava que estava passando pela menopausa precoce, mas na verdade estava grávida de mim”. Jenny, a mais nova de quatro irmãos, não pensou muito no comentário de sua mãe na época mas hoje, super coube!

Dentro de uma família que tem o histórico de sofrer com a menopausa precoce, Jenny começou a desconfiar de si mesma com o atraso da menstruação e a falta de uma outra gravidez. Nesse ponto, ela já estava tendo cerca de seis períodos por ano e vivenciando sintomas na menopausa precoce, como esquecimento e ganho de peso.

-Publicidade-

Ela ainda queria ter mais um bebê e foi falar com seu médico, no entanto, ele lhe disse que era improvável que fosse a menopausa já, mesmo que precoce, ela se ofereceu para fazer alguns testes e teve a confirmação. “Eu me lembro dele dizendo que se eu quisesse ter um bebê através da fertilização in vitro, provavelmente não seria aceita”, diz Jenny.

Nascido de um milagre

Como Jenny ainda estava tendo alguns períodos espaçados, seu médico lhe aconselhou a continuar tentando. Milagrosamente, ela engravidou mas abortou três vezes. A experiência foi desgastante, e Jenny e seu marido definiram um prazo. Se eles não engravidassem até um certo tempo, eles deixariam pra lá!

A data chegou e Jenny passou por um período de luto. Mas ela também se sentiu um tanto culpada por já ter dois lindos filhos e ainda assim reclamar, enquanto muitas mulheres têm dificuldade em conceber o primeiro. “Eu sabia que não deveria reclamar, mas também achei que meu corpo não está fazendo o que deveria estar e tenho permissão para me sentir chateada com isso”.

Não muito tempo depois, sem sequer tentar, Jenny ficou surpresa ao descobrir que estava grávida, tudo correu bem.

“Eu finalmente consegui meu bebê milagre com a idade de 39 anos”, diz ela.

Leia também: 

Cinco coisas que você precisa saber sobre menopausa precoce

Mulheres que amamentam são mais magras na menopausa

Engravidar após os 45, é possível?

-Publicidade-