Mulher consegue reencontrar a mãe após 48 anos de separação depois de ter sido vendida pela avó

Ana Paula Tolosa Safigueroa, aos 48 anos, protagonizou um emocionante reencontro com mais de uma década de atraso após uma polêmica familiar que a separou de sua mãe, Devora Safigueroa

Resumo da Notícia

  • Uma mulher reencontrou a mãe após 13 anos depois de descobrir que foi vendida para outra família pela própria avó
  • Ana Paula Tolosa Safigueroa, aos 48 anos, protagonizou um emocionante reencontro com a mãe, Devora Safigueroa
  • Ela havia sido vendida depois que a mãe engravidou aos 13 anos de idade

Ana Paula Tolosa Safigueroa, aos 48 anos, pôde finalmente reencontrar a mãe após 13 anos, a Devora Safigueroa, de 62. Isso porque as duas foram separadas depois que a avó de Ana vendeu a menina para outra família, para que “não trouxesse vergonha para a família”. Devora engravidou da filha aos 13 anos de idade.

-Publicidade-
Mãe e filha finalmente se reencontraram (Foto: Reprodução/ The Sun)

Aos 24, Ana soube que havia sido comprada de sua mãe biológica pelos pais adotivos e, desde então, vêm buscando respostas para a própria história. “Quando nasci, a parteira disse à minha mãe que eu era um rapaz e que me tinham dado a algumas pessoas em Magdalena. Era tudo mentira, então eles nunca poderiam me encontrar”, relata Ana, ao portal The Sun.

A verdade, contudo, era ainda mais reveladora – Ana passou a infância a apenas 20 quarteirões de distância da mãe, e não fazia ideia. Contudo, foi durante a pandemia da covid-19 que entrou em contato com uma prima de Devora, que a avisou sobre o real paradeiro da filha.

Mãe e filha registraram o momento em que deram as mãos pela primeira vez (Foto: Reprodução/ The Sun)

“Foi um sonho do qual eu não queria acordar”, desabafou Devora, sobre finalmente conhecer a filha. O reencontro pessoalmente foi adiado por causa das políticas de isolamento social mas, mesmo assim, mãe, pai e filha seguiram em contato por videochamadas quase todos os dias.