Anestesia não funciona e mulher sente todas as dores do parto cesárea: “Traumatizante”

Essa mãe ficou traumatizada no nascimento de sua filha. Ela e a bebê tinham sepse e os médicos não puderam adiar o procedimento

Resumo da Notícia

  • A mulher contou a experiência do seu primeiro parto
  • A anestesia não surtiu efeito e ela sentiu todas as dores
  • A jovem ficou traumatizada e disse que não quer ter mais filhos

No Reino Unido, uma mulher detalhou nas redes sociais a experiência traumatizante que teve em seu primeiro parto. Ela contou que precisou passar por cirurgia cesárea sem anestesia, já que a injeção não surtiu o efeito esperado.

-Publicidade-
Ela contou o motivo de ter feito o parto sem anestesia (Foto: Reprodução/ TikTok/ @fi_oates)

Em um vídeo compartilhado no TikTok, a mãe que se identifica como Fi Oates falou que, como sua gravidez era de risco, os médicos não tiveram outra escolha a não ser seguir com o parto, mesmo com a mulher sentindo todas as dores.

No relato ela disse: “Nada funcionou comigo e não houve tempo porque eu e meu bebê tínhamos sepse, então eles tiveram que tirá-la o mais rápido possível”. A jovem disse que implorou para dormir durante o procedimento, mas os médicos preferiram não arriscar porque ela poderia entrar em coma.

A mãe sentiu todas as dores durante o parto (Foto: Reprodução/ Instagram/ @fioates_x_)

Ela contou que durante o procedimento nada aliviava a dor. Fi Oates ficou acordada durante todo o trabalho de parto sentindo “tudo o que era possível”. Na legenda do vídeo ela escreveu: “Traumatizada para dizer o mínimo… chega de filhos para mim, obrigada”.

O que é sepse?

A sepse é uma resposta extrema do corpo a uma infecção e ocorre quando substâncias químicas liberadas na corrente sanguínea desencadeiam uma inflamação em todo o corpo. Isso pode causar uma série de alterações que danificam diversos sistemas de órgãos, levando-os a falhar e, às vezes, resultando em morte. Essa infecção pode acontecer durante a gravidez, no parto, puerpério. Os sintomas incluem febre, dificuldade respiratória, pressão arterial baixa, ritmo cardíaco acelerado e confusão mental.