Mulher dá à luz bebê saudável mas morre pela covid antes de poder segurá-lo

Erika Becerra, de 33 anos, havia sido diagnosticada com coronavírus em novembro no Estados Unidos, na época ela estava grávida de 8 meses

Resumo da Notícia

  • Mulher deu à luz bebê saudável após testar positivo para o novo coronavírus, no entanto, ela faleceu devido a doença sem ter a chance de segurar o recém-nascido
  • Erika Becerra tinha 33 anos e foi diagnosticada com covid-19 em novembro deste ano, estando na época no 8º mês de gestação
  • A família induziu o parto e o pequeno Diego Antonio Becerra nasceu com saúde no dia 15 de novembro

Mulher estadunidense deu à luz bebê saudável após testar positivo para o novo coronavírus, no entanto, ela faleceu devido a doença sem ter a chance de segurar o recém-nascido. Erika Becerra tinha 33 anos e foi diagnosticada com covid-19 em novembro deste ano, estando na época no 8º mês de gestação.

-Publicidade-

“O final de semana chegou e o médico disse que ela não estava se recuperando”, disse o irmão de Erika, Michael Avilez. “Eles tinham que pensar no bebê”, adicionou ele. A família induziu o parto e o pequeno Diego Antonio Becerra nasceu com saúde no dia 15 de novembro.

“Ela teve um parto normal. Ela pariu o filho, mas não teve uma chance de segurá-lo, assim que ele nasceu ela foi entubada. Daí a diante as coisas só começaram a piorar”, contou Michael à Fox 8.

Ela não pode segurar o filho (Foto: Getty Images)

Erika perdeu a vida na última sexta-feira, 4 de dezembro. Ela não tinha nenhuma condição de saúde além da gravidez. O marido dela e a filha de 1 ano do casal testaram negativo para o novo coronavírus antes da morte da mãe.

“Perto dos últimos momentos ela estava chorando. Eu sei que ela nos ouviu orando por ela, nós conversamos com ela e a confortamos antes da morte dela”, contou Avilez. “Tudo que a minha irmã sempre quis foi o melhor para todo mundo, e ela se importava com a vida. Ela não merecia passar pelo que passou”, concluiu o irmão.