Mulher dá à luz mesmo após diagnóstico médico mostrar que os óvulos dela “morreram” por câncer

Gemma Isaacs conseguiu ficar grávida após ter tido complicações por câncer

Resumo da Notícia

  • Gemma Isaacs foi diagnóstica com câncer de mama
  • Ela deu à luz um menino
  • Ele nasceu em agosto de 2020
  • Veja mais na matéria abaixo!

Gemma Isaacs, 33 anos, desafiou as probabilidades e deu à luz seu segundo filho. Aos 31 anos, ela foi diagnosticada com câncer de mama, apesar de não ter tido nenhum sintoma da doença, como caroço no seio ou uma área avermelhada na região do bico do peito. Em entrevista ao Tyla, ela contou: “Eu odiava a ideia das pessoas olharem para mim e pensarem que eu parecia doente. Eu tentei muito me manter em forma e na academia. Eu continuei treinando durante meu tratamento e a radioterapia.”

-Publicidade-
Ela deu à luz em agosto de 2020 (Foto: Reprodução/ Instagram/ @Gemma_Isaacs)

Em 2019, ela fez uma mastectomia dupla, é um procedimento cirúrgico feito em mulheres que têm maior chance de desenvolver câncer na mama que ainda não foi afetada pela doença. Entretanto, ela também foi diagnosticada com uma mutação chamada BRCA1, essa mutação aumenta as chances de a mulher ter um câncer de ovário. “Me contaram durante a quimioterapia que tinha uma boa chance de eu não poder ter filhos. A químio mata tudo no seu corpo. O doutor me contou que meus ovários estavam mortos, o que foi um baque.”, ela relatou ao site.

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

Uma amiga conversou com ela e disse que ela poderia reverter a situação, então ela decidiu ir contra as possibilidades e começou a se dedicar ao veganismo. “Eu voltei para o ginecologista em novembro e ele falou: ‘Eu literalmente não sei para o que estou olhando, esses ovários são de outra pessoa. Ele disse que só podia ser porque eu tinha virado vegana, porque não tinha motivo para os meus ovários voltarem.”, falou sobre a visita ao médico.

Ela deu à luz em agosto de 2020 (Foto: Reprodução/ Instagram/ @Gemma_Isaacs)

No final de 2019, ela engravidou do segundo filho Jake. Ele nasceu em agosto de 2020 para ser o irmão mais novo da menina Ella. Gemma termina a história contado que: “Não é uma sentença de morte ter o diagnóstico da BRCA, mas é algo que te faz ter que tomar decisões que a maioria das pessoas não têm que fazer tão cedo. Nossa esperança é que possamos ajudar mais pessoas a encontrarem apoio e pessoas jovens com BRCA a encontrarem pessoas com quem possam se identificar.” Ela também contou que resolveu retirar os ovários após o nascimento de Jake por precaução.

Ela deu à luz em agosto de 2020 (Foto: Reprodução/ Instagram/ @Gemma_Isaacs)