Mulher de 105 anos entra para o livro dos recordes como uma das atletas mais velhas do mundo

Julia Hawkins é a recordista mundial mais velha a competir em uma prova e com 105 anos arrasa nos 100 metros rasos

Resumo da Notícia

  • Atleta mais velha a competir em uma prova faz sucesso com sua dedicação e emoção nas competições
  • Julia comemorou o recorde com presença da família e dos amigos, que arrasaram na torcida do evento
  • Após resultados positivos, a atleta está classificada para os jogos nacionais sênior de 2022

Julia Hawkins, 105 anos, é oficialmente a atleta mais velha a competir uma prova de 100 metros rasos. Mais conhecida como “Furacão”, Hawkins entrou para o tão famoso livro dos recordes após participar de um torneio em Louisiana, Estados Unidos, com a família marcando presença.

-Publicidade-

E não foi só a participação que chamou a atenção da internet, a atleta completou os 100 metros em um minuto e dois segundos. “Foi maravilhoso poder rever tantos familiares e amigos”, afirmou.

Julia ainda conta que quanto mais você envelhece mais, mais paixões e hobbys você deve ter. “Me manter ativa é uma das minhas paixões mais importantes… As pessoas dizem que querem ser iguais a mim quando crescerem… e eu acho que se puder agradar as pessoas e dar esperança, vale a pena viver mais”, comentou para o CBC Sports.

Além do tempo marcado na última competição, Hawkins, quando tinha 101 anos, quebrou outro recorde mundial, completou a prova de 100 metros rasos em 40 segundos e estampou as manchetes da época, adquirindo fãs e admiradores por todo o mundo.

Atleta mais velha do mundo entra para livro dos recordes
Atleta mais velha do mundo entra para livro dos recordes (FOTO: Reprodução / Elasta)

E é provável mais notícias da atleta em 2022, já que em maio, os jogos nacionais sênior terão início. Hawkins ainda não se pronunciou se participará ou não do evento, mas com o tempo cravado na última competição, a classificação já está garantida.