Mulher decide adotar os próprios irmãos aos 24 anos de idade por causa de pai alcoólatra

Jemma Bere adotou os dois irmãos mais novos devido ao vício do padrasto em bebidas alcóolicas

Resumo da Notícia

  • Jemma Bere decidiu adotar os dois meio-irmãos
  • O padrasto da mulher bebia muito, o que acabou influenciando a mãe de Jemma também
  • Aos 24 anos, Jemma era responsável por dois filhos (e meio-irmãos), de oito e nove anos

Jemma precisou adotar aos 24 anos de idade os dois meios-irmãos, Alex e Billie, 14 e 15 anos mais novos do que ela, por conta do vício do padrasto em bebidas alcoólicas.

-Publicidade-

Quando Jemma estava no colégio, sua mãe, Jane, encontrou um novo parceiro, chamado Shakey. O novo casal teve um menino e uma menina, os irmãos da mulher. “Shakey era muito carismático e acho que eles se amavam genuinamente. Mas meu padrasto bebia muito”, contou ela em entrevista exclusiva para a BBC.

Jane e Shakey decidiram se mudar em 2001 para a Andaluzia, no sul da Espanha, a fim de construírem juntos melhores condições de vida para os filhos. Entretanto, as dificuldades ao lado de Shakey eram bastante evidentes, já que Jemma afirmou que ele gostava de beber meio litro de cerveja depois do trabalho.

Na época, a meia-irmã mais velha decidiu ficar no País de Gales com a avó, acreditando que poderia se mudar para a Espanha após as provas da escola. Porém, poucos meses depois iriam chegar notícias que mudariam a vida da garota para sempre: sua mãe Jane havia sofrido um acidente de carro e morrido aos 40 anos.

Os dois irmãos de Jemma juntos ao lado dela (Foto: BBC News Brasil)

Viúvo, Shakey ficou conhecido na vila onde morava com os filhos porque bebia o tempo todo nos bares da cidade e por gastar tudo o que ganhava com bebidas alcóolicas. “Tínhamos discussões frequentes sobre o seu alcoolismo quando eu fui lá. Ele não aceitou que tivesse um problema, estava completamente em estado de negação”.

Por conta dos problemas do pai, Alex e Billie haviam sido levados pelo serviço social, e as autoridades espanholas disseram a Jemma, aos 23 anos de idade, que, a menos que alguém da família pudesse cuidar das crianças eles seriam colocados para adoção. “E eu me ouvi dizendo: ‘Bem, então eu vou cuidar deles, mande-me os formulários.'”

Em julho daquele ano, o advogado de adoção ligou para dizer que ela poderia ir à Espanha buscar Alex e Billie, e a meia-irmã finalmente se tornou a responsável por dois filhos (e meio-irmãos), de oito e nove anos. Infelizmente, Shakey continuou bebendo, e morreu em 2018. Hoje, aos 38 anos, contou em entrevista que nunca sonhou em filhos. No entanto, criar seus irmãos é algo de que ela não se arrepende. “É a melhor decisão que já tomei”.

A família nos dias de hoje (Foto: Reprodução BBC News)