Mulher descobre gravidez durante exame de rotina 6 horas antes de dar à luz

Com diagnóstico de gastrite, ela procurou uma clínica particular para a realização de uma tomografia na última terça-feira e ficou em choque ao descobrir que passaria por um parto naquele mesmo dia

Resumo da Notícia

  • Uma mulher, de 23 anos, descobriu que estava grávida seis horas antes de realizar o parto da criança
  • A descoberta aconteceu quando ela foi ao médico para fazer uma tomografia para gastrite
  • O filho recebeu o nome de Joaquim. Ele nasceu com 51 centímetros e quase quatro quilos, totalmente saudável

Em Curitiba, na última terça-feira, dia 15 de junho, uma mulher, de 23 anos, descobriu que estava grávida seis horas antes de realizar o parto da criança. A descoberta aconteceu quando ela foi ao médico para fazer uma tomografia para gastrite.

-Publicidade-
Jovem vai fazer tomografia para gastrite e descobre estar grávida seis horas antes do parto (Foto: Shutterstock)

Ao invés de uma inflamação da mucosa do intestino, as dores que a jovem estava sentindo eram, na verdade, contrações provocadas pela proximidade do nascimento do filho. Ela descobriu que estava grávida às 15 horas de terça-feira, às 21h30 o parto aconteceu. O nome escolhido para a criança foi Joaquim. Ele nasceu com 51 centímetros e quase quatro quilos, totalmente saudável.

A técnica de enfermagem, Cintia Ferreira, contou que chegou a desconfiar de uma gravidez, mas só teve a certeza ao passar o scanner pela barriga da nova mãe. “Eu cheguei a questionar se era gravidez e ela disse, de uma forma até normal, que não. Ao fazer o exame, porém, percebi o encaixe do bebê”, disse a profissional de saúde à Banda B.

Cintia ainda conta que a jovem tentou fugir após o comunicado. “Ela ficou desesperada e não queria contar para a mãe, chegou a pedir para sair pelos fundos, mas então a acalmamos e o aviso foi feito. Tanto a mãe, quanto o pai, ficaram bem abalados ao descobrirem a notícia também”, completa a técnica de enfermagem.

A mãe da jovem diz que a família não tinha nenhuma suspeita. “Como ele nasceu cabeludo, chegaram a me perguntar se eu tinha levado uma escova de pentear, mas é claro que não, eu não sabia de nada”. Ela ainda falou um pouco sobre o futuro de Joaquim. “De qualquer forma, meu neto vai ter tudo do bom e do melhor a partir de agora”, garante a avó da criança.