Mulher descobre que ainda está com miçanga que enfiou no nariz quando era criança há 20 anos

Hannah Hamilton contou ao portal Metro que tinha uma vaga lembrança do momento em que pensou que seria uma boa ideia colocar a miçanga no nariz – mas que não tinha certeza que se tratava de uma lembrança real

Resumo da Notícia

  • Uma mulher descobriu que ainda estava com a miçanga que enfiou no nariz dentro do próprio corpo
  • Hannah Hamilton contou ao portal Metro que relembrou o ocorrido após ser diagnosticada com uma infecção nasal
  • Ela tinha apenas 7 anos quando decidiu colocar o objeto dentro do nariz

Hannah Hamilton se surpreendeu ao perceber, depois de 20 anos, que ainda tinha uma miçanga que tinha enfiado no nariz quando era criança. A jovem contou a própria história ao portal Metro, e confirmou que tinha apenas uma vaga lembrança de como e porque havia colocado o objeto na narina quando tinha apenas 7 anos de idade.

-Publicidade-

“A memória que eu tenho é de mim em pé na frente do armário de linho no banheiro infantil e puxando a conta de uma cesta no armário. Queria ver se caberia no meu nariz, mas não consegui tirar”. Após duas décadas, Hannah conta que se lembrava de ter feito isso, mas não tinha certeza se essa era uma lembrança real ou algo que havia visto em algum livro ou filme.

“Pelo que me lembro, não contei aos meus pais, o que foi uma escolha engraçada, considerando que minha mãe era enfermeira por 10 anos. Há cerca de um ano, eu estava dizendo ao meu noivo Zack que me lembrava de enfiar uma conta no nariz quando era criança, mas não me lembrava de ter saído”, contou, ainda.

Hannah tinha apenas 7 anos quando enfiou a miçanga no nariz
Hannah tinha apenas 7 anos quando enfiou a miçanga no nariz (Foto: Reprodução/ Metro)

Ela se encaminhou no hospital após uma infecção nasal, na qual uma das narinas estava completamente obstruída. Em um dos exames, os médicos notaram um objeto azul no corpo de Hannah, que classificaram como “meleca gigante”.

“Assim que vi o objeto azul no meu nariz, a memória da conta voltou para mim, mas eu ainda estava convencida de que pode ser outra coisa. Pensei que fosse uma pequena tampa ou um pedaço de caneta que eu estava mordendo enquanto estudava”. Hannah explicou que sentiu uma dor “suportável” para retirar a peça há 20 anos instalada no próprio nariz.

Ela queria saber se a miçanga cabia no próprio nariz
Ela queria saber se a miçanga cabia no próprio nariz (Foto: Reprodução/ Metro)

“Tirar definitivamente doeu, mas não tanto quanto você pensaria, e foi apenas por alguns segundos. Uma vez que estava fora daquela seção, eu soprei o mais forte que pude. Eu encarei com espanto porque era enorme e estava dentro de mim por 20 anos. Assim que o tirei, liguei para meu noivo, que estava tão chocado, surpreso e enojado quanto eu”. E ainda recomenda:

“Meu conselho para qualquer pessoa que suspeite que ainda pode ter algo no nariz desde a infância, é que 99% das vezes seus pais vão pegá-lo antes de você ter um problema. Normalmente pelo cheiro, se o item for perecível ou poroso, onde as bactérias podem entrar, ou pelas infecções que você pode desenvolver a partir do objeto estranho. Mas, honestamente, é melhor prevenir do que remediar! Se você acha que há uma chance de você fazer uma verificação, gostaria de ter verificado quando me lembrei da memória há tantos anos”, finalizou.