Mulher descobre que deu à luz enquanto estava em coma por conta da Covid-19

Ela já estava nessas condições há 7 semanas e foi surpreendida com a filha nos braços quando acordou

Resumo da Notícia

  • Mãe deu à luz a uma menina durante coma
  • Ela esteve nessas condições por 7 semanas
  • A bebê nasceu saudável

Nesta última segunda-feira, 13 de dezembro, Laura Ward, 33 anos, acordou do coma de 7 semanas após ser diagnosticada com a Covid-19. No entanto, foi surpreendida ao saber que havia dado à luz a uma menina. O fato aconteceu em Tyldesley, no Reino Unido.

-Publicidade-

A bebê, que recebeu o nome Hope, nasceu por meio de uma cirurgia cesariana. Ela está saudável e sem nenhum tipo de sequelas causadas pelo vírus. Ele veio ao mundo no Hospital Royal Bolton, pesando 2kg e precisou passar cinco semanas no local para avaliação.

Mãe dá a luz enquanto estava em coma
Mãe dá a luz enquanto estava em coma (Foto: Reprodução / Razões Para Acreditar)

“Abri os olhos para ver Hope na cama comigo, mas não conseguia mover nenhuma parte do meu corpo”, relembrou. “No começo eu estava apenas deitada na cama e não conseguia me mexer. Eu tentei muito levantar meus braços, mas não conseguia”, disse.

Os músculos das pernas de Laura acabaram se deteriorando ao decorrer dos dias que esteve em coma. Ela precisou de ajuda para voltar a andar novamente. Somente em dezembro que ela conseguiu se recuperar totalmente.

Mãe dá a luz enquanto estava em coma
Ela aprende a andar novamente após alguns meses (Foto: Reprodução / Razões Para Acreditar)

“Foi frustrante porque eu não conseguia falar, não conseguia mover meus braços ou mãos, também não fui capaz de escrever nada que eu quisesse dizer. Tive que aprender a me alimentar sozinha, escovar os dentes, todas as coisas que você aprende quando criança, é como aprender tudo de novo”, continuou.

A mãe também afirmou que recebeu muito apoio do marido e da família durante o processo de recuperação. “Meu marido tem sido incrível, ele realmente tem. Ele vem me ver todos os dias com Hope e traz William quando pode e nossos filhos Lexi e Josh”, disse ela.

“Minha família estava obviamente em pânico. Os médicos e enfermeiras pensaram claramente que aquilo não era nada bom. John conseguiu manter todos otimistas sobre isso. Ele estava dizendo a todos… ‘ela não está desistindo e nem nós’ e ‘vamos ter certeza, não vamos perdê-la, ela vai ficar bem’”, relatou.