Mulher é chamada de racista por excluir enteada de foto de família

A situação foi parar no Reddit, onde a própria dona da polêmica se pronunciou sobre o ocorrido e explicou porque não queria que a menina fizesse parte do retrato

Resumo da Notícia

  • Uma mulher está sendo chamada de racista por não permitir que a enteada participe do retrato de família
  • A foto em questão era um retrato familiar de Natal
  • O caso foi parar no Reddit, onde a dona da polêmica é a própria autora do relato e foi duramente criticada

Uma mulher está sendo acusada de racista por excluir a enteada das fotos da família para o Natal. Ao publicar um desabafo sobre a situação no Reddit, ela foi duramente criticada por internautas e teve de se explicar.

-Publicidade-

Por lá, em uma publicação anônima, ela explicou a dinâmica familiar: na qual, aos 32 anos de idade, é casada com um homem de 36. Além disso, de antes do relacionamento do casal, o marido possui uma filha de outro relacionamento. Desta maneira, na casa da família, são quatro crianças: Lydia, Carol, Solomon e Enephrine – que não é filha biológica da mulher.

“Aqui está o problema”, escreveu ela, em seu relato. “Jack é branco, mas a mãe de Enephrine é negra e ela acabou se parecendo muito, muito com ela”. Segundo seu relato, ela não queria que a menina aparecesse no retrato pois seus pais são muito racistas, e implicariam com a presença dela.

“Eu me mantenho afastada deles por uma série de motivos, e eles não conhecem Enephrine”, esclareceu ainda a mãe. “Mas agora estamos na temporada de cartões de Natal. Não quero mandar um cartão para eles que tenha a presença de Enephrine pois eles farão um estardalhaço em cima disso. Então a minha ideia era tirar uma foto com meu marido e as outras crianças para os meus pais, e incluir Enephrine no restante das fotos que vai para nossos amigos e outros parentes”.

Ela publicou um desabafo
Ela publicou um desabafo (Foto: Getty Images)

“Quando contei para Enephrine que ela não estaria em uma das fotos de Natal, ela ficou chateada”, relembra ainda a autora do post. “Eu a deixei aparecer em todas as outras fotos, e até compramos doces para ela até o momento em que ela parou de ficar chateada com o ocorrido”.

Enephrine achou que tudo estava resolvido até que o seu marido a questionou sobre o motivo da filha não aparecer em uma das fotos. “Ele achou que eu queria uma foto ao lado dos meus filhos biológicos, apenas. Quando expliquei a situação, ele ficou muito bravo. Agora ele contou para Enephrine que eu não a queria nas fotos porque ela é negra, e ela está chateada comigo também. Não sei o que fazer”.

Nos comentários, muitos internautas criticaram a mulher, e a chamaram de racista por excluir a única filha negra da foto de família. “Se você a está tirando da foto, você está dizendo que racismo é uma coisa ok”, escreveu uma pessoa. Outra ainda declarou, “Você não estava protegendo a menina, só a si mesma. Quando você deixa que seus pais tenham essas atitudes horríveis, você confirma que eles estão certos. Se desculpe com a menina imediatamente”.