Mulher é flagrada agredindo a mãe adotiva e cadeirante pela vizinha: “Eu vou denunciar!”

Em depoimento à polícia, a filha contou que quando morava na Itália com a mãe, também foi indiciada pelo mesmo crime de maus-tratos a pessoa idosa. No entanto, cumpriu apena 2 anos da pena no exterior

Resumo da Notícia

  • A denúncia do caso de violência e maus-tratos a idosa foi feita pelos vizinhos
  • Em depoimento à polícia, a filha contou que quando morava na Itália com a mãe, também foi indiciada pelo mesmo crime de maus-tratos a pessoa idosa.
  • Além disso, a filha contou que, às vezes, deixava a mãe se comer e que fazia uso de drogas

Por meio de denuncias dos vizinhos à 13ª DP – Ipanema, foi possível saber das agressões constantes que a idosa Vanda Brunner, de 83 anos, sofria da filha adotiva na própria casa, localizada em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Conforme aponta reportagem do g1, uma moradora do prédio fez vídeos mostrando as agressões que a cadeirante sofria.

-Publicidade-

Após emitir ameaças e xingamentos, a vizinha pede que a agressora, Maria Teresa Judilita Massena Brunner, deixe a mãe em paz: “Deixe sua mãe descansar, Maria Teresa”. Em resposta, a mulher diz: “E eu preciso. Você não acha que não estou ficando doida? Estou com dor de cabeça”.

Ao voltar a gritar com a mãe, a vizinha diz para ela ficar quieta. Então, a Maria Teresa para e diz que ela fala demais e sai do cômodo. A mãe, Vanda, pede para a filha voltar: “Venha cá, por favor! Minha filha, venha cá, por favor”. Após isso, no vídeo, a vizinha exibe o pé de Vanda machucado e sangrando.

Filha bate em mãe idosa
A filha também já foi indiciada por maus-tratos quando morava na Itália com a mãe (Foto: Reprodução / Redes sociais)

“Olha a situação dela. Olha a situação dela. Olha a situação dela. Eu vou denunciar! Eu vou denunciar! Estou falando pra você que eu vou denunciar. Tá eu e minha irmã aqui tentando fazer alguma coisa e a gente não consegue”, disse a vizinha no vídeo.

Em decorrência das denúncias, a Polícia Civil prendeu em flagrante, nessa terça-feira, 19 de julho, a Maria Teresa, e a encaminhou para um hospital. Já na ultima quarta-feira, 20 de julho, em uma audiência de custódia, a Justiça converteu a prisão em preventiva. Ainda de acordo com o portal jornalístico, a filha confessor fazer uso de drogas, que vendeu alguns eletrodomésticos da idosa e que deixava, às vezes, a mãe sem alimentação. A agressora está respondendo por maus-tratos a pessoa idosa.

Por fim, ela também informou à polícia que, quando morava com a mãe na Itália, já chegou a ser condenada por 6 anos pelo mesmo crime. Cumpriu dois anos da pena na Itália e depois foi liberada.

Assista ao segundo episódio do POD&tudo, o podcast da Pais&Filhos