Mulher é presa por envenenar quatro pessoas da mesma família

A vizinha deixou alimentos contaminados na porta da residência. Dois morreram e outros dois estão na UTI em Salvador, Bahia

Resumo da Notícia

  • Uma mulher foi presa por envenenar 4 pessoas da mesma família
  • Duas pessoas morreram e outras duas estão internadas na UTI de Salvador
  • Ela confessou o crime e disse que não tinha intenção de contaminar todos

Na manhã desta segunda-feira, 23 de agosto, uma mulher foi presa por envenenar quatro pessoas da mesma família em Salvador, Bahia. Segundo a Polícia Civil, o crime que matou duas pessoas aconteceu no dia 31 de julho deste ano.

-Publicidade-
A vizinha foi presa por ter envenenado 4 pessoas da mesma família (Foto: Shutterstock)

Os policiais ficaram sabendo do caso após um dos irmãos das vítimas informar que uma sacola com alimentos foi colocada pela vizinha na frente da casa da família. Por viverem em situação de vulnerabilidade, eles acreditaram que os produtos eram uma doação.

Após análises da perícia, as autoridades chegaram concluíram que os alimentos estavam contaminados com duas substâncias tóxicas: arsênico e malationa, um inseticida. Das quatro pessoas que consumiram o alimento envenenado, duas morreram.  Após o preparo do alimento, a primeira vítima faleceu no mesmo dia da ingestão. As que estão vivas seguem internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas de Salvador.

Duas pessoas da família seguem internadas na UTI (Foto: Getty Images)

A vizinha suspeita está sob custódia no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nem ela nem as vítimas tiveram os nomes revelados. Durante as investigações, a mulher confessou o crime.

A delegada Zaira Pimentel contou: “Ela informou que comprou o veneno em um camelô na Avenida Sete de Setembro e colocou sobre os alimentos. A mulher ainda informou que tinha tido uma briga de vizinho com uma das vítimas e que não tinha intenção de matar outras pessoas”.