Mulher é presa suspeita de agredir filha de 1 ano ao se irritar com o choro dela

O caso aconteceu em Mara Rosa, no nordeste de Goiás. A agressão foi ouvida por vizinhos, que chamaram a polícia

Resumo da Notícia

  • Uma mulher foi presa acusada de agredir a filha de 1 ano
  • A Polícia Civil diz que a mãe teria se irritado com o choro da bebê
  • O caso aconteceu em Mara Rosa, no nordeste de Goiás

Uma mulher foi presa acusada de agredir a filha de 1 ano após se irritar com o choro dela. O caso aconteceu em Mara Rosa, no nordeste de Goiás, onde a denúncia foi feita por vizinhos que ouviram a agressão.

-Publicidade-

Informações divulgadas pela Polícia Civil afirmaram que a menina foi retirada do local pelo conselho tutelar e encaminhada para a casa do pai que mora em Alto Monte, também em Goiás.

O bebê foi encaminhado para a casa do pai
O bebê foi encaminhado para a casa do pai (Foto: Reprodução/ Metrópoles)

O delegado Matheus Ferreira Oliveira contou ao portal Metrópoles que a investigada foi pega em flagrante e levada diretamente para a delegacia. Lá, foi liberada sob a fiança de meio salário mínimo – em torno de R$ 550. Se for condenada, a mãe pode passar até 3 anos na prisão.

Vizinhos e testemunhas afirmaram ainda que decidiram chamar a polícia ao ouvirem o choro cada vez mais desesperado da criança. Eles também ligaram para o Conselho Tutelar de Mara Rosa, que está investigando o caso.