Mulher escolhe nome com duplo sentido para a filha e admite que é feio

Uma mãe contou a situação ao portal britânico Mumsnet, onde ainda pediu a opinião dos internautas sobre a situação

Resumo da Notícia

  • Uma mãe admitiu ao portal britânico 'MumsNet' que deu um nome "feio" para a filha
  • A mulher ainda contou que ela e o marido ainda tentaram diminuí-lo com apelidos, mas sem sucesso
  • Ela pediu a opinião dos internauta sobre o ocorrido

Uma mãe admitiu ao portal britânico ‘MumsNet’ que escolheu um nome “feio” para a filha. Ela ainda afirma que tentou, junto do marido, encurtá-lo com apelidos, mas sem sucesso. Agora, só espera que a menina goste dele no futuro.

-Publicidade-

A menina foi batizada de Winifred. Contudo, ela e o marido pensaram que o nome era muito feio – e se forçaram a chamar a criança apenas pelo apelido Winnie.

“Não quero usar apelidos em certidões de nascimento principalmente porque meus outros filhos têm nomes longos e completos”, ela ainda conta. “Então usar apenas Winnie pareceria um pouco insubstancial em comparação. Mas Winifred é MUITO feia? Ou Winifred é o nome de uma Gertrudes – eternamente feia e nunca está pronta para um retorno?”.

Os internautas opinaram sobre a situação
Os internautas opinaram sobre a situação (Foto: Getty Images)

Internautas fizeram questão de opinar na escolha e deixaram comentários no desabafo anônimo. “Conheço uma Winnie adolescente e seu nome completo é Winsom”, sugeriu. Outro ainda ressaltou que, mesmo com o duplo sentido do Winnie – que também se refere ao “Ursinho Pooh” – é um nome normal. “Então há a coisa do homônimo. Winnie Mandela … e ainda pior para provocações da escola … Winnie-the-Pooh!”.

Um homem ainda acrescentou, “Acho que é um nome particularmente feio. Alguns nomes crescem em você, mas aquele nunca crescerá”.