Mulher ganha melhor amigo após discar o número errado

O caso aconteceu há 20 anos, e desde então, a amizade continua com laços fortes

Resumo da Notícia

  • Gladys discou o número errado, por engano, há 20 anos e acabou ligando para Mike e nunca mais pararam de se falar
  • Mike tinha 20 anos na época, e Gladys 60
  •  Apesar da Idade eles se tornaram melhores amigos

Uma amizade inusitada! Há 20 anos Gladys Hankerson pegou o telefone para ligar para a irmã, no entanto, acabou discando o DDD errado e quem atendeu foi um homem chamado Mike Moffitt.

-Publicidade-

De uma forma super improvável, discando um número errado no telefone, surgiu uma grande amizade há 20 anos. Gladys Hankerson estava em casa em Delray Beach, Flórida, quando pegou o telefone para ligar para a irmã. Só que ela não percebeu que, ao discar, tinha trocado dois dígitos no número. E foi assim que essa senhorinha conheceu o melhor amigo, Mike Moffitt!

Jovem e idosa se tornam melhores amigos por telefone
Jovem e idosa se tornam melhores amigos por telefone (Foto: Reprodução / Só Notícia Boa)

Quando notou o erro, ela pediu desculpas pelo ocorrido e desligou. No entanto, ela continuou ligando para ele por engano mais algumas vezes e isso acabou criando um grande laço de amizade entre eles. O DDD que Gladys precisava digitar era “410” para ligar para a irmã e o de Mike era “410”.

“Isso continuou acontecendo de ela discar acidentalmente o número errado, mas em algum momento acabou mudando e ela apenas ligava para dizer oi”, disse Mike.

Na época em que isso aconteceu pela primeira vez, o jovem tinha 20 anos de idade e Gladys 60. Mesmo apesar da idade, eles passavam bastante tempo conversando. Afinal, Gladys havia acabado de perder um filho e também havia se divorciado há pouco tempo. Portanto, usou a situação para desabafar com Mike.

Mesmo nunca terem se visto pessoalmente, até então, eles criaram um grande vínculo e se ajudaram em diversas situações diferentes. “Durante aquele tempo, fiquei desanimada e ele (Mike) sentiu compaixão e tudo mais – me levantou”, disse a idosa. Ao mesmo tempo, o jovem também estava passando por um momento delicado, pois havia acabado de perder os avós.

No entanto, 20 anos depois, eles decidiram se encontrar pessoalmente. Mike resolveu viajar com a família para a Flórida, onde Gladys mora, no feriado de Ação de Graças. Ele relatou que chegou com flores e ela ficou surpresa.

“Eu entrei e disse: ‘Gladys, é o Mike de Rhode Island!’ e ela disse, ‘Oh, meu amigo Mike! Eu sou abençoada’, e jogou os braços para cima”, relembrou. “Eu gostaria que mais pessoas pudessem ser assim, você sabe”, disse ela. “Isso seria tão bom. O mundo seria melhor também – as pessoas seriam melhores”, concluiu.