Família

Mulher gera filhas gêmeas da irmã que não pode engravidar

Quando o médico de Melissa Kayser sugeriu que ela procurasse outro método para ter filhos, imediatamente sua irmã deu um passo à frente

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Melissa Kayser)

(Foto: Melissa Kayser)

Melissa Kayser e seu marido tentaram engravidar durante anos. Passaram por diversos procedimentos de fertilização in vitro e nove abortos espontâneos. Depois, o casal decidiu tentar um método diferente. O médico de Kayser sugeriu que eles tentassem a barriga de aluguel, foi quando as coisas se encaixaram.

Enquanto a maioria dos casais passam por um longo processo financeiro para encontrar uma pessoa, Kayser encontrou achou alguém bem próxima. “Quando fui aconselhada pelo meu médico que deveria olhar para essa possibilidade, minha irmã se ofereceu para nós“.

Lisa Auten, irmã da Melissa, teve recentemente as gêmeas Tierney e Ashlynn. “Quando a minha irmã me contou que estava em busca de uma mulher para gerar os bebês, eu me ofereci imediatamente. Não pensei duas vezes. Foi uma decisão muito fácil pra mim” disse Lisa, que curiosamente não tem e não quer ter filhos.

(Foto: Melissa Kayser)

(Foto: Melissa Kayser)

As gêmeas foram concebidas usando dois óvulos de Kayser e o esperma do marido mas Lisa é identificada como mãe biológica. “Eu sempre vou lutar com o sentimento de não ter sido capaz de gerar as minhas próprias filhas. Mas a experiência da minha irmã ter gerado as bebês foi incrível. Ela sempre trabalhou muito para incluir eu e meu marido em tudo”, desabafou Melissa.

Lisa contou que a gravidez foi muito comum em comparação ao processo realizado para ela engravidar. “Foi uma experiência divertida. Aprendemos sobre gravidez juntos, e eu não tive muitas complicações. As meninas (Tierney e Ashlynn) nasceram com 36 semanas, praticamente o tempo máximo para gêmeos”, compartilhou a irmã corajosa.

Não é de surpreender que ambas as irmãs se uniram com a situação, embora sempre tenham sido próximas. “Acho que a experiência tornou nosso relacionamento mais forte! Passamos por muitas coisas íntimas e emocionais ao longo dessa jornada e, isso só fortaleceu nossa ligação”, disse Kayser.

Já Lisa, reforçou a declaração da irmã: “Esse momento nos aproximou muito. Eu realmente gosto de vê-la ser mãe!”.

Leia também:

Reação de garoto de 11 anos ao descobrir que será adotado bomba na internet

Dúvidas solucionadas sobre a doação de óvulos

Pai biológico conhece filha após 31 anos e tem a melhor reação; vem ver o vídeo!