Mulher grávida é estrangulada até a morte durante entrevista de emprego em acidente

Ela estava conhecendo a fábrica quando o acidente aconteceu, na Bielorússia

Resumo da Notícia

  • Uma jovem de 21 anos estava grávida de 7 semanas quando morreu estrangulada
  • Ela estava em uma entrevista de emprego em uma fábrica que produzia fio de solda e eletrodos
  • O acidente aconteceu tão rápido que ninguém pode fazer nada para ajudá-la

Uma jovem de 21 anos, grávida de 7 semanas, foi estrangulada até a morte durante uma entrevista de emprego, na Bielorússia. A mulher estava acompanhada de uma funcionária da Fábrica, conhecendo o local de trabalho.

-Publicidade-

De acordo com o portal Daily Mail, se trata de uma fábrica que produzia fio de solda e eletrodos. A funcionária estava apresentando as salas e os equipamentos de produção para Umida Nazarova quando de repente o fio de cabelo da jovem se enroscou em uma das máquinas que a puxou e a estrangulou.

foi estrangulada por uma das máquinas da fábrica durante entrevista de emprego
Umida Nazarova foi estrangulada por uma das máquinas da fábrica durante entrevista de emprego (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

O couro cabeludo da mulher foi arrancado de sua cabeça. Tudo aconteceu extremamente rápido e ela morreu na mesma hora.

A família da moça ficou revoltada. “Eles levaram duas vidas, ela estava grávida de sete semanas”, disse Dmitry, o pai da mulher. “Eles viram que ela tinha o cabelo comprido, então por que não disseram a ela para prendê-lo?”.

“Ela queria ser mãe. Queríamos celebrar o casamento dela e buscar nosso neto ou nossa neta no hospital – e não isso. Isso não era o que eu queria para a minha filha”, disse Olga, a mãe da jovem.

A empresa cobriu todas as despesas do funeral de Umida. A Justiça local deu a sentença à Fábrica por “falha em cumprir seus deveres oficiais, devido à atitude desonesta e negligente, causando a morte de uma pessoa”.