Mulher não vai no casamento do irmão porque noiva não quer crianças na festa e divide opiniões

Ela usou as redes para fazer um desabafo sobre a escolha e perguntou aos internautas o que eles achavam

Resumo da Notícia

  • Mulher não vai no casamento do irmão porque noiva não queria crianças na festa
  • Ela falou sobre a decisão em um relato
  • Ela pediu a opinião dos internautas
  • Veja o relato completo

Uma mulher norte-americana, cujo nome não foi revelado, dividiu opiniões depois de contar, em um desabafo publicado no Reddit, que desistiu de ir no casamento do irmão porque não poderia levar os filhos, o que fez com que o resto da família fizesse o mesmo.

-Publicidade-
Ela se recusou a participar da festa (Foto: Getty Images)

No relato, ela contou que não queria deixar os filhos em casa enquanto participava das celebrações, que acontecerão em outro estado. A mãe explicou que a noiva havia planejado um itinerário de quatro dias e deixou bem claro que nenhuma criança seria bem-vinda. Essa decisão gerou uma verdadeira movimentação na família, já que diversas pessoas decidiram que não iriam mais ao casamento depois que descobriram a notícia.

“Eu não quero ficar longe dos meus filhos por todos esses dias e, mesmo que quisesse, seria difícil encontrar alguém com quem deixar as crianças, já que a maioria dos nossos familiares estarão na festa. Mas eu entendo que o casamento e a decisão são dela, então me recusei a ir, avisando-os que não quero deixar meus filhos sozinhos, sem nenhum familiar para tomar conta deles”, começou explicando.

-Publicidade-

Ela seguiu contando que a decisão acabou encorajando outras três irmãs e algumas primas, que também têm filhos, a se recusarem a participar da festa. Toda essa movimentação, acabou acarretando em um verdadeiro drama familiar. “Meu irmão me ligou e gritou comigo, dizendo que eu que causei todos os problemas”, contou ela.

Ela acrescentou que seus pais, que financiavam metade do casamento, ficaram irritados com o fato de tantos membros da família terem desistido e pressionaram a noiva a permitir que as crianças comparecessem. “Minha cunhada se recusa a aceitar isso e diz que o casamento continuará sem crianças, mas ela também está brava com todos nós por não irmos”, completou. “Eu entendo que ele não queira um casamento com crianças, mas se isso significa ficar longe dos meus filhos por alguns dias, não quero fazer parte da festa”, continuou.

Logo depois, ela acrescentou alguns detalhes à publicação, dizendo que, inicialmente, o irmão havia concordado com a participação das crianças, mas acabou ficando ao lado da futura esposa para “fazê-la feliz”. Ela também acrescentou que o casamento deveria durar quatro dias, com seis eventos. “Será que todos nós com bebês e crianças devemos correr de um lado para o outro para esconder nossos filhos em hotéis com babás aleatórias durante todo esse tempo só para mantê-la feliz?”, perguntou ela na publicação.

Diversos internautas decidiram opinar e se dividiram. Alguns ficaram do lado da noiva, dizendo que era direito dela querer um casamento sem crianças. “Ela quer que o casamento dela seja livre de crianças. Você quer que o casamento dela não seja livre de crianças. Você acha que ela não está te ouvindo porque não está mudando para o que você quer”, acusou uma internauta. “É muito comum ter babás e serviços de monitoria para crianças em grupos de hotéis. Todos os seus irmãos / primos podem reunir recursos e fazer com que algumas pessoas fiquem algumas horas no hotel e cuidem das crianças. Talvez até mande seus pais pagarem como parte dos custos do casamento”, apontou outro.

Outros, no entanto, concordaram com a mulher e disseram que a noiva realmente não estava correta em proibir a presença das crianças. “Eu sinto que as pessoas que estão sugerindo levar as crianças e providenciar cuidados infantis não têm ideia de quanto custa esse serviço. Além disso, considere o custo de ter que conseguir um quarto maior ou um segundo quarto de hotel para acomodar as crianças”, disse um internautas. “Um dia sem as crianças me parece possível, mas agora vários dias? Existe uma diferença entre um casamento sem filhos e uma festa de uma semana sem filhos né!”, pontuou outro.

-Publicidade-