Mulher que nasceu com dois úteros dá à luz após médicos dizerem que era impossível

Uma mulher com dois úteros explicou como conseguiu dar à luz dois bebês em um ano

Resumo da Notícia

  • Caroline descobriu que tinha 2 úteros com 18 anos
  • Os médicos disseram que seria quase impossível ela ter filhos
  • Anos depois a mãe não só deu à luz um bebê como dois

Caroline foi ao TikTok para explicar sua história incrível, quando ela teve sua primeira consulta de obstetrícia e ginecologia aos 18 anos que lhe disseram que algo não era “normal”. “Onze anos atrás, quando eu tinha 18 anos, na minha primeira consulta de obstetrícia, ela terminou o exame e disse: ‘Ei – você sabia que você tem dois colos do útero?'”, ela começou.

-Publicidade-

“Tendo 18 anos no meu primeiro exame, eu realmente não sabia que isso não era normal. Acontece que não é normal.” Após alguns exames, Caroline foi diagnosticada com didelfos uterinos – o termo médico para ter dois úteros completos.

“Por causa disso, meu médico me disse que eu provavelmente não conseguiria engravidar”, acrescentou. No entanto, 12 anos depois, Caroline conseguiu engravidar naturalmente, e teve sua filha Josie. “Tive uma gravidez muito normal, um parto normal – fiz uma cesariana após cerca de 12 horas de trabalho de parto”, disse ela.

A mãe descobriu que tinha dois úteros com 18 anos
A mãe descobriu que tinha dois úteros com 18 anos (Foto: Reprodução/TikTok)

“Avançando novamente para seis meses depois, eu estava grávida novamente de nosso filho Brooks – desta vez no outro útero”. Ela concluiu seu vídeo afirmando que deu à luz Brooks cerca de três semanas atrás, quando ele estava com 33 semanas. O vídeo de Caroline rapidamente atraiu comentários de espectadores, muitos dos quais fizeram perguntas sobre como ela vive diariamente.

“Adoro a curiosidade de todos! Para responder a maioria das perguntas, tenho 1 menstruação normal por mês, 2 ovários/trompas de falópio e fiz cesariana em ambos!” ela respondeu. Outra pessoa perguntou: “Estou realmente curioso para saber como seu médico determinou mais úteros = menos gravidez …?” Ao que Caroline respondeu: “Haha. Acho que porque são dois, há menos espaço para um bebê crescer e um risco maior de abortos/prematuridade/infertilidade”.