Mulher que teve sangramento descobre bebê crescendo dentro do fígado

O pediatra Michael Narvey explicou como foi possível a gestação

Resumo da Notícia

  • Uma mulher fecundou um óvulo no fígado
  • Os internautas ficaram chocados com a gestação
  • Um pediatra canadense explicou como foi possível

Um bebê foi descoberto crescendo dentro do fígado de uma mulher em uma gravidez ectópica “extremamente rara”, revelou um médico. O pediatra Michael Narvey, do Children’s Hospital Research Institute de Manitoba, no Canadá, revelou os detalhes de cair o queixo do caso.

-Publicidade-

Ele escreveu: “Achei que tivesse visto de tudo – uma mulher de 33 anos chega com um histórico de sangramento menstrual há 14 dias e 49 dias desde seu último período menstrual. O que eles encontram no fígado é o seguinte: um bebê.”

“Ela teve uma gravidez ectópica no fígado. Vemos isso às vezes no abdômen, mas nunca no fígado. Esta é a primeira vez para mim.” O médico postou um clipe explicando sua descoberta em sua conta no TikTok.

O médico explicou o que aconteceu na gestação
O médico explicou o que aconteceu na gestação (Foto: Reprodução/TikTok)

A filmagem foi vista mais de 3 milhões de vezes em apenas dois dias e atraiu quase 17.000 comentários. Os cirurgiões conseguiram salvar a vida da mulher, mas não a do feto em crescimento. Um usuário disse: “Esta deve ter sido uma notícia devastadora para os pais, espero que mamãe esteja bem e lamento por sua perda.”

Outro escreveu: “Nem acredito que isso possa acontecer. Como um óvulo fertilizado chega ao fígado?” De acordo com o National Center for Biotechnology Information, os casos de gravidez ectópica no fígado são “excepcionalmente raros”.

Afirma que, nos 35 anos anteriores a Novembro de 1999, só foram registrados 14 casos. Detalhes de outro caso foram publicados no Journal of Emergencies, Trauma and Shock em 2012, que descreveu uma jovem mulher que foi encontrada com um feto vivo de 18 semanas anexado ao seu fígado.

A mulher de 25 anos infelizmente morreu de complicações durante a cirurgia devido a sangramento. Uma gravidez ectópica ocorre quando um óvulo fertilizado se implanta fora do útero, geralmente nas trompas de falópio, e ocorrem cerca de 12.000 casos a cada ano. Também pode acontecer nos ovários, no colo do útero (pescoço ao útero) ou em outro órgão dentro da pelve.