Mulher tem ataque cardíaco e morre após ver pitbull perseguindo o filho: “Infarto de susto”

A mulher sofria de pressão alta e quando viu o pitbull se aproximando do filho, teve um infarto e morreu

Resumo da Notícia

  • Um pitbull perseguiu uma criança na Argentina
  • Quando a mãe viu a cena, teve um infarto
  • Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu

Uma mãe de 46 anos morreu de infarto após ver um pitbull perseguindo o filho em Bahia Blanca, na Argentina. A vítima foi identificada como Noelia Morán. Segundo o portal de notícias argentino Clarín, a criança estava andando na rua quando o cachorro fugiu após um descuido do dono.

-Publicidade-

O menino estava voltando para casa após fazer compras em uma loja na região, quando se assustou ao ver o pitbull solto e começou a correr em direção a sua casa. No caminho, o cachorro mordeu violentamente um outro cão que estava na rua.

Familiares relataram que a mãe da criança teve um “infarto de susto” vendo a situação. A versão foi confirmada pelos peritos que investigaram a causa da morte dela. Betty, sogra de Noelia, viu a cena e contou ao Clarín: “O filho de Noelia saiu e depois de caminhar um quarteirão viu como um pitbull escapou. Ele começou a persegui-lo até sua casa e mordeu outro cachorro. O animal estava descontrolado, queria entrar na casa de qualquer jeito. Quem estava dentro pegou vassouras para afugentá-lo. Por sorte, ele estava do lado de fora.”

Cachorro ataca três irmãs dentro de casa no DF
Mulher tem ataque cardíaco e morre após ver pitbull perseguindo o filho (Foto: PMDF / Divulgação)

Ela disse também que Noelia “desmoronou” ao ver a cena da perseguição, e quando a ambulância chegou, ela já tinha morrido. De acordo com parentes, a mulher tinha pressão alta e estava controlando com uso de remédios. A sogra também contou que o dono do cachorro foi denunciado: “Nós denunciamos porque não queremos que mais ninguém passe por isso. Qualquer coisa, outra pessoa será atacada.”

O dono do pitbull, David, disse que lamenta o ocorrido e se compadece: “Estamos todos extremamente magoados porque Noelia era mãe de uma das melhores amigas do meu filho. Desde o ocorrido, estamos em contato com toda a família dela. Não podemos acreditar no que aconteceu.”