Mulheres têm maior chance de sobreviver ao Covid-19, diz estudo

O estudo realizado pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP mostrou que as elas têm melhor resposta imune ao vírus quando comparadas aos homens

Resumo da Notícia

  • Um estudo realizado pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP mostrou que as mulheres têm melhor resposta imune contra a Covid-19
  • A pesquisa procurou entender porque a taxa de mortalidade do vírus é menor nas pacientes de sexo feminimo
  • De acordo com os resultados publicados na plataforma MedRxiv, a resposta pode estar nos genes

Um estudo realizado pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP mostrou que as mulheres têm melhor resposta imune contra a Covid-19 quando comparadas aos homens. A pesquisa procurou entender porque a taxa de mortalidade do vírus é menor nas pacientes de sexo feminimo. De acordo com os resultados publicados na plataforma MedRxiv, a resposta pode estar nos genes.

-Publicidade-
As mulheres apresentam uma resposta imunológica melhor (Foto: Unsplash)

Os pesquisadores analisaram um banco internacional de dados genômicos e chegaram à conclusão de que o sistema imunológico feminino é capaz de produzir uma resposta mais regulada do que os homens. Essa estabilidade no combate ao vírus é semelhante ao perfil genético de pacientes jovens, enquanto o padrão masculino se aproxima mais do encontrado em idosos.

(Foto: Getty Images)

“Com os dados genômicos em mãos, agrupamos os pacientes de acordo com o sexo, idade e carga viral. E a informação mais relevante que encontramos foi a de que homens e mulheres modulam de uma forma diferente os genes do sistema imune”, explica Paula Paccielli Freire, bióloga do ICB e primeira autora do estudo, em entrevista ao Jornal da USP.

Os resultados mostram que as mulheres ativam as células de defesa de maneira intensa, mas sem danificar outros órgãos. Elas também controlam melhor os CXCL8, chamados “genes-chaves das vias imunológicas”, aumentando consideravelmente a chance de sobrevivência.