Nada de coronavírus por aqui! Casas de repouso limitam visitas e incentivam chamadas por vídeo

Os idosos estão entre o grupo de risco do novo coronavírus. A fim de proteger seus residentes, casas de repouso estão restringindo ou até suspendendo visitas

Resumo da Notícia

  • Casas de repouso restringem visitas para prevenir transmissão do covid-19
  • Os idosos estão no grupo de risco da doença
  • Para não isolar os residentes, as casas de repouso estão incentivando chamadas de vídeo
Casas de repouso restringem visitas (Foto: reprodução jornal Agora)

Os idosos estão entre o grupo de risco do novo coronavírus. A fim de proteger seus residentes, casas de repouso estão restringindo ou até suspendendo visitas de familiares.

-Publicidade-

Segundo informações dadas ao jornal Agora, no Lar de Longa Permanência Felicitá, em Santo André, as medidas foram anunciadas na semana passada, logo após a Organização Mundial da Saúde decretar pandemia do coronavírus.

Para evitar a contaminação, a casa de repouso proibiu os visitantes de entrarem nos quartos, dando preferências às áreas abertas. Além disso, todos precisam higienizar as mãos antes de entrar, usar máscaras e não abraçar ou beijar o residente.

-Publicidade-

Para não isolar os residentes de seus familiares, o Lar passou a incentivar chamadas por vídeo pelo celular. “Também estamos fazendo vídeos e enviando para os familiares”, afirmou Mauren Gomes, gestora do Lar de Longa Permanência Felicitá, ao jornal Agora.

A auditora Luciana Duarte concordou com as medidas impostas pela casa de repouso. Ela conversa com a mãe, que está na casa, por meio das chamadas de vídeo. “Eles estão certos. São mais do que prudentes em fazer isso. A chamada de vídeo é uma forma de estar perto mesmo estando longe. É mais do que amor, é respeito com o outro, com o mundo que não gira ao nosso redor.”, contou ao jornal Agora.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

 

-Publicidade-