Nasce bebê com mais de 7 kg e família pede ajuda para enxoval

A maternidade informou que, apesar do bebê ter nascido com peso acima do normal, o estado de saúde dele é estável e ele é considerado um recém-nascido saudável

Resumo da Notícia

  • Um recém-nascido com mais de 7 kg está internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), em Teresina
  • O bebê é do gênero masculino e mede 57 centímetros de altura
  • A criança veio ao mundo no dia 3 de janeiro e está em observação médica desde então

Um recém-nascido com mais de 7 kg está internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), em Teresina. O bebê é do gênero masculino e mede 57 centímetros de altura. A criança veio ao mundo no dia 3 de janeiro e está em observação médica desde então.

-Publicidade-

A maternidade informou ao G1 que, apesar do bebê ter nascido com peso acima do normal, o estado de saúde dele é estável e ele respira sem ajuda de aparelhos, sendo considerado um recém-nascido saudável. A unidade de saúde disse ainda que a internação na UTIN é um procedimento padrão para bebês que nascem com peso abaixo do considerado normal e para os que nascem com peso acima.

A família do bebê é natural do município de Água Branca, a 97 km da capital. Segundo a tia da criança, Leydianne Teixeira, a gestação foi tranquila e sem complicações. “Foi tudo normal, ele só não nasceu na data prevista”, contou a tia.

Ele está sob observação médica (Foto: Reprodução/ G1)

Leydianne afirmou que o bebê ainda não tem nome definido. “A gente estava esperando ele nascer depois do dia 14, mas quando visitei a Natalina percebi que ela estava muito inchada, procuramos o hospital e o bebê acabou nascendo”, relatou.

O enxoval de roupas para o bebê são provenientes de doações do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Água Branca, mas, segundo a tia, as peças não vão mais servir e a família espera conseguir outras doações.
Além das roupas, Leydianne disse que eles esperam conseguir também fraldas descartáveis, de pano, pomadas para assadura, roupas, lenços umedecidos, etc. Além do recém-nascido, Natalina têm mais três filhos: duas meninas de 12 e 14 anos e um menino de 17 anos.

A tia do bebê disponibilizou o contato (86) 9954-8498 para interessados em fazer doações.