Neta faz documentário para homenagear a primeira palhaça negra do Brasil: “Minha Avó era Palhaço!”

Mariana Gabriel disse que Maria Eliza Alves dos Reis, ou palhaça “Xamego”, contava histórias da época do circo

Resumo da Notícia

  • Maria Eliza Alves dos Reis, foi a primeira palhaça negra do Brasil, conhecida com o nome artístico ‘Xamego’, morreu em 2007, aos 98 anos.
  • O documentário “Minha Avó era Palhaço!” contará a vida de Maria Eliza no Circo Guarany nas décadas de 1940 e 1960.
  • Na direção Ana Minehina e Mariana Gabriel, neta de Xamego.

A primeira palhaça negra do Brasil, se chamava Maria Eliza Alves dos Reis, conhecida com o nome artístico ‘Xamego’, morreu em 2007, aos 98 anos. Ela era a principal atração do Circo Guarany nas décadas de 1940 e 1960. O documentário “Minha Avó era Palhaço!” contará a história de toda a trajetória da comediante, com direção de Ana Minehina e Mariana Gabriel, neta de Xamego. Essa produção será lançada dia 2 de setembro, às 19h, no SescTV. As informações são do portal Glamurama.

-Publicidade-
Maria Eliza morreu em 2007, aos 98 anos. (Foto: Reprodução/ Glamurama/ Dibulgação)

“São memórias que não saem da minha cabeça e que carrego com os meus guardados mais preciosos”, disse Mariana em entrevista ao Glamurama. A jovem cresceu ouvindo as histórias da avó da época que animava as crianças no circo.

O documentário vai mostrar o motivo de Maria Eliza ter decidido ser palhaça; a participação do Carnaval do Peru que Fala, um programa com o apresentador Silvio Santos; os momentos desafiadores no Circo Guarany. Além de exibir o lado do machismo e racismo presentes na época.

Entre os especialistas e figuras importortantes na vida de Xamego, está a Daise Gabriel, filha de Maria Eliza e neta de João Alves, o proprietário do Circo Guarany, que contou na produção sobre o avô. Ele era o único negro entre um grupo de pessoas brancas e era feliz, respeitado e reconhecido.