NIRS: conheça a tecnologia que ajuda no tratamento e recuperação de bebês prematuros

O grupo São Cristóvão utiliza a Near Infrared Spectroscopy (Espectroscopia Infravermelho Proximal) para identificar lesões no cérebro e auxiliar a recuperação de bebês prematuros ou de recém-nascidos enfermos

Resumo da Notícia

  • A tecnologia pode ser de grande ajuda quando se trata da recuperação da saúde de bebês
  • O berçário do Hospital São Cristóvão implantou um novo método para tratar recém-nascidos doentes
  • Essa tecnologia pode identificar lesões no cérebro e dar o diagnóstico precoce

O papel da tecnologia é enorme para melhorar os cuidados nos primeiros dias de vida de um bebê. Graças a todos os avanços da medicina, é possível salvar vidas de bebês prematuros ou recém-nascidos com alguma enfermidade, por exemplo.

-Publicidade-
Usando essa tecnologia, a condição é diagnosticada logo no início
Usando essa tecnologia, a condição é diagnosticada logo no início (Foto: Divulgação)

Com foco em oferecer e promover a saúde por meio de assistência qualificada e tecnologia de ponta, o Berçário do Grupo São Cristóvão Saúde implantou a NIRS – Near Infrared Spectroscopy, que significa Espectroscopia Infravermelho Proximal, uma metodologia utilizada em recém-nascidos. Para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, conversamos com a Dra. Ludmila de Freitas Ventura Simões, pediatra, coordenadora dos Serviços Médicos de Neonatologia e Vice-Diretora Clínica do Grupo São Cristóvão Saúde, mãe de Gustavo.

O que é a near infrared spectroscopy?

NIRS é uma sigla inglesa que significa Near Infrared Spectroscopy (Espectroscopia Infravermelho Proximal). Através de feixes de luz infravermelhos, podemos mensurar indiretamente o fluxo sanguíneo em determinado local ou órgão, principalmente o cérebro.

Como essa tecnologia funciona?

Essa técnica é indicada para todos os recém-nascidos que estejam gravemente enfermos, principalmente com doenças que alteram o sistema cardiovascular e o fluxo sanguíneo de modo geral. Os prematuros extremos são uma das suas indicações. Além destes, podemos destacar as crianças com doenças cardíacas congênita, recém-nascidos com asfixia ao nascimento, crianças internadas com sepse grave, entre outras patologias.

A tecnologia pode auxiliar no tratamento de bebês prematuros e recém-nascidos enfermos
A tecnologia pode auxiliar no tratamento de bebês prematuros e recém-nascidos enfermos (Foto: Divulgação)

Qual a importância da NIRS para o cuidado dos bebês e crianças?

O objetivo central do uso desta metodologia é complementar o conceito de UTI Neonatal Neurológica, já implantado no Hospital e Maternidade São Cristóvão desde março de 2019, aumentando a velocidade diagnóstica e a assertividade de tratamento nas crianças de alto risco para lesão cerebral.

Como a tecnologia pode identificar lesões no cérebro e ajudar no tratamento delas?

Quando fazemos a monitorização contínua da função cerebral, podemos diagnosticar alterações agudas mais rapidamente, agindo mais rápido e prevenindo sequelas futuras, e podemos também prognosticar a qualidade de vida futura dos recém-nascidos, com precisão de mais de 90% conforme estudos já publicados. Lesões cerebrais permanentes, como paralisia cerebral, com graus variados de gravidade, podem ser evitados ou atenuados, com a ação mais rápida e assertiva da equipe de terapia intensiva, com o uso regular da espectroscopia infravermelha.