Oi? Família manda fazer lápide em forma de celular para jovem que morreu aos 15 anos

Pode parecer brincadeira, mas não é: uma família instalou uma lápide em formato de celular no túmulo de uma adolescente de 15 anos que faleceu em 2018 porque era o item preferido dela

Resumo da Notícia

  • Uma família resolveu criar uma lápide diferente para uma adolescente que faleceu
  • A menina morreu aos 15 anos em 2018
  • Para homenagear a jovem, duas irmãs mandaram fazer uma lápide em forma de celular

Parece brincadeira de mau gosto, mas é real: uma família decidiu criar uma lápide diferente para a filha adolescente, que morreu aos 15 anos em 2018. No lugar de uma lápide tradicional, as irmãs da jovem mandaram fazer uma nova em formato de celular.

-Publicidade-

O vídeo, compartilhado no TikTok, tem quase 24 milhões de visualizações e chocou algumas pessoas. Na legenda da publicação, as jovens escreveram: “Quando nossa irmã morreu, nós fizemos o celular dela de lápide porque ela estava sempre nele. Lápides da geração Z. Se você ver isso no Memorial Manukau Gardens, fomos nós”.

Família de jovem que morreu aos 15 anos decidiu criar uma lápide em forma de celular para a menina
Família de jovem que morreu aos 15 anos decidiu criar uma lápide em forma de celular para a menina (Foto: Reprodução TikTok)

“Eu assombraria a minha família se fizessem isso comigo”, escreveu uma pessoa nos comentários do vídeo. “Não sabia nem que era permitido”, “Verdadeira definição de ‘enterre meu celular comigo quando eu morrer'”. Diante da repercussão do vídeo, a família se explicou: “O celular somente era uma coisa que ela usava muito. As mensagens que estão escritas na lápide é o que realmente importa”.

@ssouthsidesGen Z headstones 💀 if you see this at the Manukau Memorial Gardens, it was us 🤪🤣♬ original sound – Timbaland

Mãe prova que viu espírito da filha visitando túmulo em cemitério com fotos de arrepiar

Saundra Gonzales perdeu a filha, Faviola Nova, de dois anos, de forma trágica em 2018. A menina, deixada com o namorado da mãe, Lalo Anthony Castrillo, foi encontrada sem vida e com diversos roxos na cabeça, rosto e costelas. Ele foi preso, mas liberado em condicional após um ano.

Com um desabafo nas redes sociais, Saundra, que vive nos Estados Unidos, fez um relato emocionante após ver o espírito da filha visitando o túmulo no cemitério a partir das câmeras de segurança. “Foi difícil para mim compartilhar isso com todo mundo, primeiro porque minha situação com a minha filha ainda é muito sensível para mim, e, segundo, porque todo mundo tem suas próprias crenças. Mas tudo que eu posso fazer é dividir a minha com todos”, começou.

Nas imagens, a família que instalou a câmera ficou assustada ao ver uma garota, no meio da noite, visitando o túmulo de outro falecido. “A família ficou preocupada, então, no dia seguinte levou as fotos para os funcionários, que ficaram em choque e disseram que conheciam a garotinha, levando a família até o túmulo da minha filha, Faviola”.

Por coincidência, quando a família foi até o túmulo no dia seguinte, Saundra estava visitando o local com a avó da menina. “Quais são as chances deles nos encontrarem no dia seguinte? Especialmente porque a gente nunca tinha se visto antes. Eu sei que isso não foi só um sinal da minha família, mas também do destino”.

As imagens foram feitas pelas câmeras de segurança (Foto: reprodução / Facebook)