Operação luz na infância prende 49 pessoas por pornografia infantil no Brasil

Sétima fase da Luz na Infância ocorre em 10 estados ao todo, força-tarefa cumpriu 189 mandados de busca e apreensão

Resumo da Notícia

  • Sétima fase da Luz na Infância ocorre em 10 estados
  • Ação envolve investigações em outros países (Argentina, Estados Unidos, Panamá e Paraguai)
  • Ao todo, força-tarefa cumpriu 189 mandados de busca e apreensão
  • Veja o histórico da operação

Nesta sexta-feira, 06 de outubro, o Ministério da Justiça, da Segurança Pública e policiais civis de 10 estados que participam da sétima fase da ‘Operação Luz na Infância‘, cumpriram mandados de busca e apreensão contra os alvos em cada Estado. O objetivo da operação é combater crimes de abuso e exploração sexual praticados na internet contra crianças e adolescentes.

-Publicidade-
objetivo da operação é combater crimes de abuso e exploração sexual infantil (Foto: Getty Images)

A ação desencadeada conta com cooperação internacional. No total, foram cumpridos 137 mandados de busca e apreensão no Brasil e 52 em mais quatro países: Argentina (34), Estados Unidos (9), Panamá (7) e Paraguai (2). No brasil, as buscas são realizadas em conjunto com o Instituto Geral de Perícias (IGP).

Os mandados de busca e apreensão são cumpridos em Florianópolis e São José; além de Caçador, Morro da Fumaça, Sombrio, São José do Cedro, Jaraguá do Sul, Guaramirim, Rio do Sul e Itapema.

-Publicidade-

Segundo informações do G1, desde as primeiras horas da manhã, as equipes procuram suspeitos de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet e 49 pessoas haviam sido presas em flagrante, em pelo menos nove estados. De acordo com o Ministério da Justiça, a operação desta sexta-feira contou com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

Veja a lista de presos de acordo com cada estado: 

  • Alagoas (1 preso)
  • Ceará
  • Goiás (1)
  • Mato Grosso (1)
  • Pará (3)
  • Paraná (4)
  • Rio de Janeiro (1)
  • Rio Grande do Sul (1)
  • Santa Catarina (8)
  • São Paulo (29)

Penalidade

Os suspeitos podem ser detidos caso os policiais encontrem material pornográfico nos endereços. As penalidades peste crime pode variar de 1 a 8 anos de prisão. As pessoas que guardam material de pornografia infantil pode cumprir pena de 1 a 4 anos de reclusão. Já para quem compartilha, a pena prevista é de 3 a 6 anos. A punição para quem produz esse tipo de material é de 4 a 8 anos de prisão.

Histórico da operação

A Operação Luz na Infância está na sétima fase. Os resultados das anteriores foram os seguintes:

  • Luz na Infância 1 – 20 de outubro de 2017. Foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Foram presas 108 pessoas.
  • Luz na Infância 2 – 17 de maio de 2018. As Polícias Civis dos Estados cumpriram 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.
  • Luz na Infância 3 – 22 de novembro de 2018. Operação deflagrada no Brasil e na Argentina com o cumprimento de 110 mandados de busca, resultando na prisão de 46 pessoas.
  • Luz na Infância 4 – 28 de março de 2019. Operação deflagrada em 26 estados e no Distrito Federal resultou no cumprimento de 266 mandados e 141 pessoas presas.
  • Luz na Infância 5 – 04 de setembro de 2019. Operação deflagrada em 14 estados e no Distrito Federal, além Estados Unidos, Equador, El Salvador, Panamá, Paraguai e Chile. A ação resultou no cumprimento de 105 mandados e 51 pessoas presas.
  • Luz na Infância 6 – 18 de fevereiro de 2020. Operação deflagrada em 12 estados, com colaboração técnica de quatro países (Estados Unidos, Panamá, Paraguai e Colômbia). A ação resultou no cumprimento de 112 mandados de busca e apreensão e 43 pessoas presas em flagrante.

App Pais&Filhos

Tem novidade na área: o novo aplicativo Pais&Filhos Interativo! Agora você pode ler conteúdos exclusivos, feitos com muito carinho pela equipe da redação da Pais&Filhos com toda a credibilidade, comprometimento e bom humor de sempre, e ainda testar seus conhecimentos sobre os principais assuntos do universo da parentalidade.

Já que ninguém cria filho sozinho, a Pais&Filhos se enxerga como parte da sua rede de apoio e para isso, disponibilizamos no aplicativo informações de qualidade sobre todas as fases da vida da criança, seja você pai ou mãe, grávida, ou até mesmo se você ainda for tentante.

Além disso, a plataforma ainda oferece quizz de perguntas e respostas para você testar seus conhecimentos sobre os mais diversos assuntos deste universo. Ao fazer o teste, você acumula pontos, e de quebra pode trocar por prêmios.

Pais&Filhos interativo está disponível para iOS e Android, basta acessar a PlayStore ou a Apple Store direto do seu celular, baixar e fazer seu cadastro.

-Publicidade-