Padrasto estupra enteada de 14 anos com consentimento da mãe que não fez nada para impedir

A mãe da menina tinha conhecimento dos abusos feitos pelo marido mas não fez nada para impedir

Resumo da Notícia

  • Um homem e a esposa foram presos em Machacalis, no Nordeste de Minas
  • O padrasto estuprava a enteada de 14 anos e a mãe tinha conhecimento dos abusos e não fez nada
  • A Polícia Civil l iniciou a Operação Amaterasu, que prendeu os dois criminosos

Padrasto e mãe foram presos na última quarta-feira em Machacalis, no Nordeste de Minas, por estupro de vulnerável. A Polícia Civil iniciou a Operação Amaterasu, as investigações foram feitas pelos policiais da 19ª Delegacia de Águas Formosas, com apoio do Departamento da Polícia Civil de Teófilo Otoni. O objetivo era prender os autores dos dois crimes.

-Publicidade-

O padrasto estuprou a enteada de 14 anos com o conhecimento da mãe, que não fez nada para impedir. Segundo o delegado Lucas Damas Garlipp Provenzano, que comandou a operação, depois de investigações, ele solicitou as prisões dos envolvidos à Justiça e os mandados foram cumpridos nesta quarta.

A mãe e o padrasto foram presos por estupro de vulnerável
A mãe e o padrasto foram presos por estupro de vulnerável (Foto: Reprodução/PCMG)

A mãe presa, segundo ele, tinha conhecimento dos crimes praticados contra a filha menor de 14 anos, e neste caso, já havia uma queixa formalizada junto ao Conselho Tutelar , mas isso não impediu que os crimes continuassem. No segundo caso, igualmente hediondo, o suspeito de estupro de vulnerável, à época dos fatos, era padrasto da vítima. Os presos foram encaminhados para o Sistema Prisional.

Um homem de 46 anos foi preso na última terça-feira por estuprar a filha de 28 anos. A jovem utilizou o WhatsApp da Delegacia Regional de Nova Venécia, no Espírito Santo, para denunciar o caso de abuso, segundo ela o pai a estuprava desde os 10 anos de idade.