Pai consola homem que acidentalmente atropelou a filha e gesto viraliza

A pequena Haghatta, de 10 anos, saiu de casa atrás de uma bolinha que caiu no outro lado da via, ela correu para a rua e, ao sair repentinamente de trás de um ônibus, o motorista tentou frear, mas não conseguiu evitar a colisão

Resumo da Notícia

  • Uma criança foi atropelada em Curitiba, mais especificamente na região de Guaraituba
  • O motorista responsável ficou desesperado e não parava de chorar
  • Mesmo preocupado com sua filha, o pai da menina consolou e acalmou o motorista que não teve culpa nenhuma pelo acidente

Uma criança foi atropelada em Curitiba, mais especificamente na região de Guaraituba. O motorista responsável ficou desesperado e não parava de chorar. Mesmo preocupado com sua filha, o pai da menina consolou e acalmou o motorista que não teve culpa nenhuma pelo acidente.

-Publicidade-

A pequena Haghatta, de 10 anos, saiu de casa atrás de uma bolinha que caiu no outro lado da via. Ela correu para a rua e, ao sair repentinamente de trás de um ônibus, o motorista tentou frear, mas não conseguiu evitar a colisão. O motorista não cometeu nenhuma infração de trânsito, já que estava habilitado e dirigindo corretamente na via.

Logo após o acidente, o pai de Hagatta abraça e consola o motorista, nitidamente abalado, que atropelou a menina acidentalmente. “Eu vi sinceridade no coração dele, não era o momento de brigar, a gente tinha que se abraçar e se ajudar”, conta o responsável.

Pai consola homem que acidentalmente atropelou a filha e gesto viraliza (Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

“Eu não tenho que te perdoar. Você bateu na minha filha por que você quis? Não foi porque quis. Foi uma fatalidade. Então a única coisa que eu te peço, de coração, é que você reze. Reze pela minha filha, para que ela ela saia bem e sobreviva”, concluiu o pai.

A menina, segundo o Razões Para Acreditar, foi imediatamente encaminhada para Hospital Evangélico após a batida, com uma perna quebrada, bacia machucada e sem alguns dentes devido ao impacto da colisão. Ela está bem e não corre risco de vida.