Pai constrói quarto de bambu para filha que não tinha lugar para estudar

Paulo Cassim é caseiro e quis dar mais privacidade para a estudante de Direito

Pai construiu quarto de bambu para filha estudar (Reprodução/Instagram)

Paulo Cassim é caseiro e decidiu fazer uma surpresa para filha, Gisele Cassim. Ele construiu um quarto feito de bambu para a menina poder estudar. A jovem tem 21 anos e é bolsista no último ano de Direito. O pai conta que eles moram em uma casa com 5 pessoas. Assim, a filha divide o quarto com mais dois irmãos.

-Publicidade-

Para poder estudar, ela ia para a varanda onde tinha muito barulho da rua ou então, tinha que esperar todo mundo ir dormir para estudar na cozinha. Vendo essa situação, o pai fez o canto de estudos para a filha. Ele cobriu o espaço com um pano branco e enfeitou com alguns murais. “Por dentro colocamos panos por causa do frio. A mesa branca achamos em um lixo perto de casa. Tudo foi reciclado e o quarto é muito fofinho”, disse a estudante o portal Só Notícia Boa.

Ela sonha em passar em um concurso público e agora, com o espaço mais reservado, ela vê seu sonho cada vez mais próximo da realidade. “Foi uma surpresa e um presente que ele me deu. Meu pai sempre me incentivou a estudar. Quando eu fico desanimada, lembro do esforço dele. É muito gratificante e incrível ter o pai que tenho”, disse Gisele.

-Publicidade-
Pai construiu quarto de bambu para filha estudar (Reprodução/Instagram)

A estudante tem uma conta no Instagram em que publica sua rotina de estudos e dá dicas para quem está começando a estudar agora. Ela divulgou essa história na rede social e teve uma ótima repercussão entre os internautas. “Que história linda vocês estão construindo. Com certeza terá um final feliz, por todo o carinho, amor e dedicação dos dois: você e seu pai”, comentou uma das seguidoras.

Na publicação, Gisele fala:  “Eu poderia ser ingrata e pensar: ‘Não vou estudar aqui, não tem piso (é terra vermelha ainda), é frio, tem muito bicho, é perigoso, tem muita lagartixa’, enfim… mas juro que a minha reação foi a maior felicidade que eu poderia ter naquele momento, principalmente pela simplicidade do meu pai, da sua preocupação comigo, e do seu amor por mim, sempre me dando o melhor que ele poderia fazer…Pra que escrevi tudo isso? Para te dizer que com amor, cuidado, carinho, a gente pode transformar tudo. E talvez quando você reclamar de ter que estudar o dia inteiro, e tá com seu bumbum doendo, lembre que tem pessoas que sonham muito em ter o conforto que você tem. Ame o que você tem, valorize o que tem, e não desanime! Sua hora vai chegar!”

Leia também: 

Brasileiro de 11 anos é selecionado para estudar no Ballet Russo Bolshoi 

Estudo mostra que crianças que começam estudar mais tarde vão melhor nas aulas e o motivo é polêmico 

O seu filho pode estudar na Suíça, já pensou nisso? 

 

-Publicidade-