Pai de 19 luta para alimentar família e diz que se arrepende do número de filhos

Papai Zeher Geze vive na Turquia com as duas esposas e relata as dificuldades que os parentes estão passando após ele ter ficado desempregado na pandemia do Covid-19

Resumo da Notícia

  • Um pai com 19 filhos está procurando ajuda na Turquia após perder o emprego e temer que a família passe fome
  • Papai Zeher Geze possui duas esposas, algo ilegal no país onde mora, mas também comum por conta de costumes antigos.
  • O homem diz que ficou desempregado durante a pandemia do Covid-19 e que "Se soubesse que isso iria acontecer, não teria tido tantos filhos”

Um pai com 19 filhos está procurando ajuda na Turquia após perder o emprego e temer que a família passe fome. Papai Zeher Geze possui duas esposas, algo ilegal no país onde mora, mas também comum por conta de costumes antigos. Em entrevista ao Mirror, o homem diz que ficou desempregado durante a pandemia do Covid-19 e que “Se soubesse que isso iria acontecer, não teria tido tantos filhos”.

-Publicidade-
A família vive na Turquia (Foto: Reprodução / Mirror)

A família vive na cidade de Diyarbakir, no sudeste do país. O último bebê a nascer foi batizado como Yeter, que significa “chega”. Com a quantidade numerosa de filhos, Geze diz que a sobrevivência virou uma luta, mesmo com o amor enorme entre os parentes.

Os três pais possuem 19 filhos (Foto: Reprodução / Mirror)

As mães, Dilber e Ikramiye disseram que vivem como irmãs e dividem todo o trabalho com as crianças. “Ela tem filhos e eu também. Os filhos dela são meus e os meus são dela”, diz Dilber, que deu à luz a 10 dos filhos. Sobre o casamento conjunto, as mulheres afirmaram que estão felizes com o arranjo e que só sentiram ciúmes no início.

-Publicidade-
O pai ficou desempregado durante a pandemia (Foto: Reprodução / Mirror)

As dificuldades financeiras fizeram com que os pais tirassem 6 filhos da escola para economizar nos gastos. De acordo com a tradição, Zeher espera sustentar a família sozinho, mas continua apreensivo por conta da pandemia.

-Publicidade-