Pai de aluno leva tiros em frente à escola na Zona Sul de São Paulo

Tudo aconteceu durante um arrastão no horário de entrada dos alunos. O homem teria reagido ao assalto

Resumo da Notícia

  • Pai de aluno leva tiros em frente à escola na Zona Sul de São Paulo
  • Tudo aconteceu durante um arrastão no horário de entrada dos alunos
  • O homem teria reagido ao assalto e foi alvo das balas

O pai de um aluno da Escola Mais de Vila Andrade, São Paulo, foi baleado em frente à instituição durante um arrastão na manhã desta quinta-feira, 17 de fevereiro. Tudo aconteceu por volta das 6h20 da manhã, quando quatro criminosos em duas motos praticaram diversos roubos na porta da unidade de ensino localizada na Rua Olavo Leite. Os roubos aconteceram justamente no horário de entrada da escola, quando alguns pais estavam no local para deixar os filhos.

-Publicidade-
Pai de aluno leva tiros em frente à escola na Zona Sul de São Paulo
Pai de aluno leva tiros em frente à escola na Zona Sul de São Paulo (Foto: Getty Images)

De acordo com relatos das pessoas que estavam no local, o pai em questão teria regido ao assalto e acabou levando os tiros. Segundo informações da Polícia Militar, ele foi atingido com três tiros, socorrida e levada para o Hospital Municipal da Campo Limpo, também na Zona Sul da capital. Ele deve passar por uma cirurgia.

Procurada pela Pais&Filhos, a escola disse que está “consternada” com a situação e está se empenhando para dar todo o suporte necessário para a família da aluna. Confira a nota completa abaixo:

“A Escola Mais está consternada com o assalto ocorrido na manhã da quinta-feira (17) em frente à sua Unidade Vila Andrade, no bairro do Morumbi, que feriu o pai de dois estudantes. Este é um momento de tristeza para toda a comunidade escolar da região. Desde as primeiras horas da manhã, nos empenhamos em dar o suporte necessário à família, às crianças e colaboradores da unidade. Nossa maior preocupação, neste momento, continua sendo com o estado de saúde da vítima, que foi levado a um hospital da região imediatamente após a ocorrência e segue sob cuidados médicos.

Também estamos dando suporte à comunidade, com apoio psicológico à equipe, famílias e crianças que assim desejarem. E providenciamos reforço da segurança interna da escola, tomando todas medidas que estão ao alcance da instituição.

Lamentamos profundamente essa e todas as demais ocorrências de violência que vêm acontecendo de forma sistemática no entorno de escolas do bairro do Morumbi nos últimos dias, demonstrando um grave problema de segurança pública na região.

A Escola Mais já havia procurado, na semana passada, a o Batalhão da Polícia Militar e solicitado reforço da ronda escolar no entorno da unidade Vila Andrade. Neste sentido, estamos contribuindo com a polícia com todas as informações disponíveis para ajudar na investigação e reconhecimento dos criminosos.

A Escola Mais continua acompanhando de perto a situação e manterá toda a sua comunidade informada sobre o caso”.