Pai de bebê que fez sinal em ultrassom falece após lutar mais de um ano contra o câncer

Felipe Moreira dos Santos, faleceu após lutar contra câncer raro há mais de um ano, no Guarujá, litoral de São Paulo

Resumo da Notícia

  • Pai de bebê que fez sinal de 'V' durante ultrassom faleceu esta semana após lutar contra o câncer
  • Ele ficou mais de um ano internado e o tumor se proliferou para outros orgãos
  • Quando o bebê fez o sinal, o pai acreditou ser um sinal divino para a cura

Felipe Moreira dos Santos, de 32 anos, pai de bebê que fez um ‘V de vitória’ durante o ultrassom, faleceu nesta última terça-feira (12), por um câncer raro que lutava há mais de um ano. O jovem morava no Guarujá, litoral de São Paulo.

-Publicidade-

“Os médicos já tinham me dito, quando ele ainda estava na UTI, que talvez ele não voltasse mais para casa. Mas a nossa fé vai além da medicina. Tivemos fé até o último suspiro dele”, disse a esposa Camila dos Santos. Ela também afirmou que o tumor estava há 20 centímetros em um dos rins e passou por uma cirurgia de retirada do órgão.

Felipe Moreira Santos com bebê que fez 'V' no ultrassom
Felipe Moreira Santos com bebê que fez ‘V’ no ultrassom (Foto: Reprodução / Felipe Moreira Santos / G1)

“Deus deu esse filho para que ele tivesse esse sonho realizado”, afirmou ela em uma entrevista com o G1.No período da gravidez, ele descobriu um novo tumor, desta vez no baço, um sarcoma sinovial, correspondendo a somente 1% de todos os sarcomas.

Em novembro de 2020, o filho fez um sinal de ‘V’ com a mão em uma ultrassonografia, e a família considerou o ocorrido como um sinal divino de cura para ele, que já passava por sessões de quimioterapia no Hospital de Barretos, em São Paulo.

Bebê faz 'V' com a mãe em ultrassom
Bebê faz ‘V’ com a mãe em ultrassom (Foto: Reprodução / G1 / Felipe Moreira Santos)

“Apesar de tudo o que os médicos falavam, ele sempre teve esperança e muita fé. Dizer que ele não venceu o câncer é dizer que ele se entregou, e não foi isso. Em momento nenhum ele deixou a doença tomar conta dele. Ele batalhou muito”, finalizou a esposa.