Pai de Britney Spears quebra silêncio após fim da tutela de mais de 10 anos da cantora

A cantora pop estava há anos tentando se livrar dos abusos da família e, depois de comemorar a vitória em uma luta que se estende por mais de uma década, Jamie Spears mandou a real sobre Britney

Resumo da Notícia

  • Jamie Spears se pronunciou sobre o fim da tutela da filha
  • Ele controlava a vida toda de Britney Spears há 13 anos
  • Após muitos anos de luta, a cantora se livrou dos abusos do pai

O pai de Britney Spears, Jamie Spears, quebrou o silêncio ao se pronunciar sobre o fim da tutela de 13 anos sobre a cantora. Após muita polêmica, a artista se livrou de um acordo que a impedia de fazer uma série de coisas – inclusive casar e ter filhos – além de obrigá-la a tomar remédios muito fortes, dentre outros abusos.

-Publicidade-

Após a decisão que retirou Jamie da tutela da filha nesta quarta-feira, 29 de setembro, o pai de Britney Spears mandou a real sobre o acordo. A justiça determinou o rompimento imediato das ações de Jamie e, sobre isso, a advogada dele, Vivian Thoreen, para o site Variety, afirma que esse é o momento de reerguer as relações familiares.

“O sr. Spears ama sua filha Britney incondicionalmente. Por 13 anos, tentou fazer o que era melhor para ela, como tutor e como pai. Isso começou com a concordância em servir como seu tutor, quando ela voluntariamente escolheu esta opção”, informa o comunicado. Contudo, Jamie acredita que a decisão de tirá-lo foi um “erro” baseado em “acusações infundadas”.

Britney Spears trava uma batalha há 13 anos
Britney Spears trava uma batalha há 13 anos (Foto: reprodução / Instagram @britneyspears)

“Respeitosamente, o tribunal errou ao suspender o sr. Spears, e colocar um estranho em seu lugar para administrar a sua propriedade e estender a mesma tutela que Britney implorou ao tribunal para que fosse encerrada”, disse. Leia o comunicado completo abaixo.

“Sr. Spears ama sua filha Britney incondicionalmente. Por treze anos, ele tentou fazer o que era melhor para ela, seja como conservador ou como pai. Isso começou com a concordância em servir como seu tutor quando ela voluntariamente optou por esta opção.

Isso incluiu ajudá-la a reviver sua carreira e restabelecer um relacionamento com seus filhos. Quem já tentou ajudar um membro da família a lidar com problemas de saúde mental, pode apreciar a enorme quantidade de preocupação diária e trabalho que isso exige.

Para Spears, isso também significava morder a língua e não responder a todos os ataques falsos, especulativos e infundados a ele por parte de certos membros do público, da mídia ou, mais recentemente, do próprio advogado de Britney. Esses fatos tornam o resultado da audiência de ontem ainda mais decepcionante e, francamente, uma perda para Britney.

Respeitosamente, o tribunal errou ao suspender o Sr. Spears, e colocar um estranho em seu lugar para administrar a sua propriedade e estender a mesma tutela que Britney implorou ao tribunal para que fosse encerrada. Novamente, foi o Sr. Spears quem tomou a iniciativa de arquivar a petição para encerrar a tutela quando nem o ex-advogado de Britney nomeado pelo tribunal, nem seu novo advogado privado fariam isso.

Jamie Spears mandou a real sobre tutela da filha
Jamie Spears mandou a real sobre tutela da filha (Foto: Reprodução / EL PAÍS)

Foi o Sr. Spears quem pediu ao tribunal na audiência de ontem para encerrar imediatamente a tutela, enquanto o atual advogado de Britney argumentou contra ela. Apesar da suspensão, o Sr. Spears continuará a zelar pelos melhores interesses de sua filha e a trabalhar de boa fé para uma resolução positiva de todas as questões”.

Fim da tutela

Depois de uma longa batalha, Britney Spears está oficialmente livre da tutela do pai desde a última quarta-feita, 29 de setembro. Jamie Spears foi suspenso de ser tutor da filha após 13 anos. Ele já havia desistido da posição mas a saída definitiva estava prevista para ocorrer na audiência sobre o caso que iria acontecer em janeiro de 2022.

Porém, Britney solicitou que a justiça dos EUA acelerassem o fim da tutela, e o pedido foi atendido pela juíza Brenda Penny. Isso não significa que ninguém está no comando da tutela da cantora. O contador John Zabel entrou logo em seguida como tutor dela. Futuramente haverá uma audiência que vai decidir o fim do processo de tutela de Britney Spears.

Britney comemorou o fim da tutela em grande estilo
Britney comemorou o fim da tutela em grande estilo (Foto: Reprodução / Instagram)

A cantora alegou que um dos principais motivos para acelerar o rompimento é que caso ainda estivesse sob a tutela do pai, ela não conseguiria assinar um acordo pré-nupcial com o noivo, Sam Asghari. A defesa de Britney também criticou a posição do pai na tutela. “Britney Spears merece acordar amanhã sem ter o pai como tutor”, disse o advogado dela, Matthew Rosengart, na audiência desta quarta-feira.