Pai de Shakira é internado na mesma semana em que guarda dos filhos da cantora com Piqué é discutida

Em Barcelona, o pai da colombiana acabou sofrendo traumatismo craniano; Piqué e a ex-esposa se reuniram com advogados para a discussão familiar

Resumo da Notícia

  • O pai da colombiana foi internado novamente graças ao traumatismo craniano sofrido em casa
  • A guarda dos filhos de Shakira e Piqué está sendo discutida e teve início nesta segunda-feira (11)
  • As opiniões do casal para a guarda divergem entre si

O pai da cantora colombiana Shakira, William Maberack, 90, voltou aos hospitais após precisar ser internado em Barcelona, na Espanha. No começo do mês de junho, o mais velho sofreu um traumatismo craniano após uma queda em sua casa. William recebeu alta uma semana após o ocorrido, mas precisou ir ao centro de saúde novamente nos últimos dias.

-Publicidade-
Shakira e William, o pai que já completou 90 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

“Está estável. Não sei quando terá alta. Vai ser quando os médicos falarem”, resumiu Nidia Ripoll, mãe da cantora, em informação à revista espanhola People. Segundo o veículo El Economista, o recente susto familiar possui conexão com a discussão sobre a guarda dos filhos de Shakira e Piqué, tornando esta uma semana importante. Nesta segunda-feira, 11, o antigo casal se reuniu com advogados para decidirem qual será o futuro das crianças.

Desde o anúncio da separação, a imprensa espanhola deixa claro que não é a questão financeira que está em jogo, mas sim o destino de Milan, 9 e Sasha, 7, o que tem gerado uma dificuldade para ambos os lados. A colombiana tem demonstrado que não pretende seguir morando em Barcelona e que gostaria de se mudar para Miami, nos Estados Unidos – sendo assim, levando os filhos.

Shakira e Piqué discordam sobre guarda dos filhos
O divórcio do casal foi dado graças à uma suposta traição vinda do jogador (Foto: Reprodução/Instagram)

Já o jogador é contra a decisão da ex-esposa. Não querendo ficar longe das crianças, ele afirma que os filhos cresceram no país espanhol, estudam em escola bilíngue e uma mudança de país impactaria a rotina e a perda de amigos dos mais novos. “Milan e Sasha podem viver em Barcelona e, sempre que quiser, Shakira poderá levá-los e seu jato privado para os Estados Unidos”, seria um dos pontos do acordo proposto por Piqué, como cita o jornal A Marca.

Além do ponto da separação em si, o caso de traição também é usado como um argumento dos advogados de Shakira para que a mãe das crianças fique com a guarda destas. “Um pai apaixonado por festas, viagens e relacionamentos com outras mulheres não seria adequado, nem que ele ficasse sozinho tomando conta dos filhos”, diz um trecho também citado pela reportagem do jornal espanhol por fontes ouvidas sobre o processo. Por outro lado, o jogador de futebol nega ter companheira neste momento.