Pai de Vitão questiona filho sobre visual e cantor rebate: “Não tem a ver com gênero”

Vitão contou que o pai o questionou sobre estar ‘se feminilizando demais’ e o cantor respondeu que não tem a ver com gênero, e sim que ele gosta de causar impacto e sair dos padrões

Resumo da Notícia

  • Vitão vem sendo criticado na internet por conta de seu visual e orientação sexual
  • O cantor falou abertamente que sente atração por várias pessoas, e que não gosta de seguir os padrões impostos pela sociedade
  • O pai do cantor chegou a questioná-lo sobre o visual dele, e ele disse que não é uma questão de gênero

Vitão vem sendo criticado na internet por conta de seu visual e orientação sexual, o cantor falou abertamente que sente atração por várias pessoas, e que não gosta de seguir os padrões impostos pela sociedade, e sim causar um impacto. O pai do cantor chegou a questioná-lo sobre o visual dele, e ele disse que não é uma questão de gênero.

-Publicidade-

Em entrevista à Rolling Stone o cantor disse: “Tava trocando essa ideia ontem com meu pai – e ele tem entendido bastante coisa de minha comunicação -, ele chegou pra mim e falou: ‘pô filho, você não acha que tá se feminilizando demais e tal’, e ele falou isso fazendo menção a adereços de roupa, de maquiagem, de acessórios”, conta Vitão, “E eu falei pra ele: ‘pai, é justamente nessa tecla que eu quero bater: roupa, maquiagem, cabelo, acessório, qualquer coisa do tipo não tem a ver com gênero, com sexualidade ou qualquer coisa do tipo'”.

Vitão se abriu sobre o visual e a sexualidade
Vitão se abriu sobre o visual e a sexualidade (Foto: Reprodução/Rolling Stone)

“Cada vez mais tenho entendido que essas regras que a gente nasce aprendendo, cresce aprendendo, do que é certo ou errado sobre as coisas, talvez sejam uma grande mentira.” Segundo o músico, os próprios limites que ele julga artificiais sobre a moda o têm feito pensar nas regras de afetividade.

“Sexo é a arte do toque. Não é se a pessoa tem um órgão sexual ou outro. Sexo é a arte do toque. Eu até tenho estudado sexo tântrico, terapia tântrica, e tenho entendido isso, de que sexo é o sentir, é o toque. E indo por esse caminho, a gente vai chegar num momento de entender que é mais do que isso. É mais do que gênero, sexualidade ou qualquer coisa do tipo”, contou Vitão.