Família

Pai defende que todos deveriam poder usar tablets e celulares para distrair o filho sem julgamentos: “Chega de mimimi”

Vamos julgar menos

Cecilia Malavolta

Cecilia Malavolta ,Filha de Iêda e Afonso

“Preciso de um pouco mais de ajuda para manter minhas filhas se comportando bem” (Foto: iStock)

Matthew fez um texto importante sobre entreter suas filhas com tablet e televisão, especialmente em locais públicos. Muitos pais julgam o uso dos tablets para distrair as crianças, mas Matthew deu um ponto de vista muito importante sobre essa atividade.

Deixe de lado os preconceitos por Matthew McCafferty

É nosso nono aniversário de casamento. Minha esposa e eu não temos babá para sair hoje à noite, então decidimos fazer o melhor e sair para jantar com nossas filhas, de 4 e 2 anos. Sabemos que não vai ser romântico e perfeito, mas esperamos que seja uma boa noite em família.

Nós escolhemos restaurante silencioso e descontraído, perto de casa. Existem vários outros. Existem vários outros casais aproveitando seus jantares, o que significa limitar os barulhos que duas crianças novas podem fazer. É mais fácil falar do que fazer. Após 10 minutos, minha filha mais velha, Claire, sai andando por aí, fingindo ser uma garçonete.

A mais nova, Natalie, está chorando por querer levantar e ir dançar a música que está tocando. Fazemos o melhor para mantê-las quietas e calmas, mas nada funciona. Está na hora de usar o tablet. O pai que eu pensava ser dizia: “Meus filhos nunca usarão um tablet quando eles estiverem em um restaurante. Eles podem se sentar em silêncio e colorir com seus lápis de cor como nós fizemos quando éramos crianças”.

Mas o pai eu sou hoje entende que eu preciso de um pouco mais de ajuda para manter minhas filhas se comportando bem em um restaurante. Eu tolero o uso de um tablet em alguns momentos.

Nós temos limites de tempo de TV e tablet  e também não permitimos o tablet na mesa de jantar em casa. Mas para as raras ocasiões em que saímos para comer, é uma ferramenta moderna que todos os pais devem ser capazes de usar sem julgamento, chega de mimimi!

Leia também:

Perigo em casa: até mesmo tablets merecem cuidado redobrado

Segundo pesquisa, crianças que usam aparelhos eletrônicos dormem menos

CEO da Apple abre o jogo e diz o que pensa sobre crianças usarem internet