Pai é morto após tiro acidental de filho de 2 anos

Criança de 2 anos encontrou arma que os pais possuíam de forma ilegal, no último dia 26, e disparou acidentalmente contra o pai, o acertando nas costas. O caso aconteceu na Flórida, nos Estados Unidos

Resumo da Notícia

  • Criança encontrou arma ilegal e atirou no pai de forma acidental
  • Irmão mais velho foi quem contou à polícia a história
  • Mãe agora está presa por homicídio culposo e posse ilegal de arma

No dia 26 de maio, um pai que morava com a esposa e três filhos de 5 meses, 2 anos e 5 anos no estado da Flórida, EUA, foi morto por um tiro disparado acidentalmente pelo filho do meio, após o mesmo ter encontrado a arma que os pais possuíam dentro de casa.

-Publicidade-

Segundo o portal americano NBC, Reggie Mabry, de 26 anos, levou um tiro nas costas. Quem contou essa informação aos policiais foi o filho de 5 anos de Reggie. De acordo com a criança, o irmão de 5 meses também estava em casa no momento em que o tiro acidental aconteceu. Durante a coletiva de imprensa, o xerife de Orange County relatou que antes da declaração do filho mais velho, a polícia cogitou que a causa da morte fosse suicídio, como informou a CBS NEWS.

O acidente e prisão da mãe acabou deixando as crianças sem os pais (Foto: Getty Images)

O escritório do xerife de Orange County é o responsável pelo caso, e afirma que o menino de apenas 2 anos não sofreu nenhuma lesão corporal durante o disparo acidental. Além disso, de acordo com o escritório, nem a mãe e nem o pai das crianças poderiam possuir uma arma em casa, já que os dois eram criminosos condenados.

A mãe dos três irmãos, Marie Ayala, de 28 anos, foi levada sob custódia pelo escritório do xerife de Orange County pelos crimes de homicídio culposo e também posse de arma de criminoso condenado.