Pai fica furioso com sogros após proibirem ele de escolher nome para filho

Um homem pronto para receber um bebê por meio de barriga de aluguel expulsou fisicamente seus sogros de sua casa, depois que eles disseram que seu marido tinha mais direito de nomear seu filho do que ele

Resumo da Notícia

  • Um homem fez um relato sobre a atitude imprudente dos sogros
  • O casal homoafetivo está esperando o filho por meio de barrida de aluguel
  • Os sogros disseram que apenas o pai biológico poderia opinar sobre o nome do filho

Um homem está pronto para dar as boas-vindas ao seu segundo filho e deu uma festa de chá revelação para comemorar – mas logo ele ficou chocado, pois de acordo com seus sogros ele não era um “pai de verdade”. Ele e o marido já têm uma filha de três anos, que adotaram há dois anos, e dizem que ela “significa o mundo” para eles.

-Publicidade-

O casal está prestes a ter um filho por meio de barriga de aluguel, com seu novo bebê concebido com o esperma do marido e um óvulo de uma doadora, que também é amiga deles. A barriga de aluguel está grávida de sete meses e os orgulhosos futuros pais fizeram uma festa de chá revelação em antecipação, convidando amigos e familiares.

Acontece que o bebê seria um menino, e os sogros do homem sugeriram que eles escolhessem o nome ali mesmo. Compartilhando sua história no Reddit, o homem escreveu: “Já escolhi um, mas como não queria destruir a felicidade deles, deixei que sugerissem nomes para ver como se saem. Eles só sugeriram o nome do nosso bebê com o nome de seus pais, era algo como Peter Jeremiah, não tenho nada contra pessoas com esse nome, mas não gosto muito disso para o meu filho.”

O casal está esperando o filho, que será gerado em uma barriga de aluguel
O casal está esperando o filho, que será gerado em uma barriga de aluguel (Foto: Getty Images)

“Disse a eles que íamos pensar, mas eles insistiram em escolher um. Depois de tanto insistir eu disse que já tinha escolhido um, aí minha sogra disse: ‘Bom, não importa, meu filho tem a última palavra’. Eu disse, ‘Desculpe?’ Então meu sogro respondeu: ‘Sim, meu filho tem mais direitos para nomear o bebê, já que ele é o verdadeiro pai’.”

O homem que estava contando o relato continuou: “Fiquei furioso e meu marido ficou petrificado, então eu (não os deixei explicar o que disseram) agarrei seus braços e os chutei. Meu marido voltou à realidade e disse: ‘Eles são meus pais e esse não era o caminho’, e como você pode imaginar eu estraguei a festa. Todos foram embora e depois disso, meu marido se desculpou pelo que os pais dele fizeram”.

Esta manhã, a sogra do homem ligou para o marido para expressar decepção com o comportamento dele, que ela achou ofensivo. Ele agora se pergunta se deveria ter dado mais tempo para eles se explicarem ou não? No entanto, muitos de seus colegas usuários do Reddit entenderam completamente sua reação inicial, com uma pessoa escrevendo: “O comportamento deles ultrapassou os limites e eles foram longe demais quando o invalidaram como pai”. Outro comentou: “Não os deixem te convencer ou seu marido disso”.